foto user
Antonio Henrique Fotografia
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Macro/Candeeiro do Vasco (Ler)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Macro/Candeeiro do Vasco (Ler)
voltar lista nav-leftnav-right

Candeeiro do Vasco (Ler)

fotografias > 

Macro

2015-06-14 20:16:27
comentários (46) galardões descrição exif favorita de (57)
descrição
Narciso (Vasco Santana) regressando a casa, dirige-se a um candeeiro público enquanto assobiava a "Rosa tirana":
"Boa noite V. Exa. V. Exa. vai perdoar-me a inconveniência, mas podia fazer-me o obséquio de me dar um bocadinho do seu lume?


[O candeeiro permance silencioso :]

Compreendi-te! Não te dignas dar lume a um humilde transeunte. Não te dignas baixar-te a mim, convencido que és alguém. Estás convencido que lá por dares luz a uma simples rua, és igual ao sol, que dá luz ao mundo.
Desculpa que te diga, mas és um ilusionista, um ilusionista e um vaidoso. De resto, és igual a todos os homens, perfeitamente igual. Julgas que és alguém sem te lembrares que há outros que estão muito acima (onde é que eu já li isto?!)
(…) Decididamente não me queres dar lume. Boa noite!"
Pátio da Cantigas, 1942
(Esta é a minha homenagem a este grande senhor do teatro)
exif / informação técnica
Máquina: FUJIFILM
Modelo: FinePix J10
Exposição: 1/600 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/5.2
ISO: 64
Dist.Focal: 18.6mm
Dist.Focal (35mm):
Software: PhotoScape

favorita de 57
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
Candeeiro do Vasco (Ler)
Narciso (Vasco Santana) regressando a casa, dirige-se a um candeeiro público enquanto assobiava a "Rosa tirana":
"Boa noite V. Exa. V. Exa. vai perdoar-me a inconveniência, mas podia fazer-me o obséquio de me dar um bocadinho do seu lume?


[O candeeiro permance silencioso :]

Compreendi-te! Não te dignas dar lume a um humilde transeunte. Não te dignas baixar-te a mim, convencido que és alguém. Estás convencido que lá por dares luz a uma simples rua, és igual ao sol, que dá luz ao mundo.
Desculpa que te diga, mas és um ilusionista, um ilusionista e um vaidoso. De resto, és igual a todos os homens, perfeitamente igual. Julgas que és alguém sem te lembrares que há outros que estão muito acima (onde é que eu já li isto?!)
(…) Decididamente não me queres dar lume. Boa noite!"
Pátio da Cantigas, 1942
(Esta é a minha homenagem a este grande senhor do teatro)
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: FUJIFILM
Modelo: FinePix J10
Exposição: 1/600 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/5.2
ISO: 64
Dist.Focal: 18.6mm
Dist.Focal (35mm):
Software: PhotoScape