foto user
andre santiago
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
História/Castelo Santa Maria da Feira
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
História/Castelo Santa Maria da Feira
voltar lista nav-leftnav-right

Castelo Santa Maria da Feira

fotografias > 

História

2007-04-10 22:29:52
comentários (40) galardões descrição exif favorita de (18)
descrição
O Castelo de Santa Maria da Feira, ergue-se altaneiro numa elevação de terreno. A sua origem está no sec. X, isto é antes da constituição de Portugal.
Romanos, visigódos e árabes deixaram vincadas nas pedras a sua passagem. Deve ter sido considerável o trabalho desenvolvido pelos habitantes do lugar na reconstrução deste território após a derrota dos mouros. Todos, ou quase todos tinham "honras de infanções (Membros de uma das classes da Nobreza Portuguesa do século XII.) e foram os primeiros que houve em Portugal.
A importância deste castelo nos alvores da Nacionalidade é notória, quer pelo vasto território que abrangia e dominava, quer ainda pela influência que nele teria Ermígio Moniz e seu irmão, o Aio de D.Afonso Henriques, Egas Moniz. A actual traça do monumento deve-se a D. Fernando Pereira, e a seu filho Rui Vaz Pereira que obtiveram de D.Afonso V ( sec XV) a permissão para "à sua própria custa o correger e refazer de muralhas, paredes, casas e todas as outras cousas que fossem necessárias para a sua fortaleza e defensão" (1448).
O Castelo de Santa Maria da Feira conservou-se na posse dos Pereiras - elevados a Condes da Feira - até ao ano de 1700.
Nesse ano morreu o 8º Conde, D.Fernando, sem descendencia directa. Depois de porfiada demanda, foi a grande Casa da Feira incorporada na Casa do Infantado e nela se manteve até a sua extinção.
Em 1722 foram palácio e torre de menagem incendiados.
Todo o maravilhoso conjunto entrou em franca e criminosa decadência. Os desmoronamentos, as ervas e as silvas proliferavam.
Em 28 de Agosto de 1905, surgiu uma primeira associação que pretendeu fazer a recuperação do castelo. Foi seu dinamizador Afonso Alfredo Teixeira Couto. Em 1909 apareceu a "Comissão de Vigilância pela Guarda e Conservação do Castelo da Feira".
exif / informação técnica
Maquina: Canon�
Modelo: Canon EOS 350D DIGITAL�
Exposição: 1/320 sec
Abertura: f 4.5
ISO: 200
MeteringMode: Multi-Segment
Flash: No Flash
Dist.Focal: 18 mm

favorita de 18
galardões
  • galardão visitas
    1000
    visitas
  • galardão popular
    foto
    popular
Castelo Santa Maria da Feira
O Castelo de Santa Maria da Feira, ergue-se altaneiro numa elevação de terreno. A sua origem está no sec. X, isto é antes da constituição de Portugal.
Romanos, visigódos e árabes deixaram vincadas nas pedras a sua passagem. Deve ter sido considerável o trabalho desenvolvido pelos habitantes do lugar na reconstrução deste território após a derrota dos mouros. Todos, ou quase todos tinham "honras de infanções (Membros de uma das classes da Nobreza Portuguesa do século XII.) e foram os primeiros que houve em Portugal.
A importância deste castelo nos alvores da Nacionalidade é notória, quer pelo vasto território que abrangia e dominava, quer ainda pela influência que nele teria Ermígio Moniz e seu irmão, o Aio de D.Afonso Henriques, Egas Moniz. A actual traça do monumento deve-se a D. Fernando Pereira, e a seu filho Rui Vaz Pereira que obtiveram de D.Afonso V ( sec XV) a permissão para "à sua própria custa o correger e refazer de muralhas, paredes, casas e todas as outras cousas que fossem necessárias para a sua fortaleza e defensão" (1448).
O Castelo de Santa Maria da Feira conservou-se na posse dos Pereiras - elevados a Condes da Feira - até ao ano de 1700.
Nesse ano morreu o 8º Conde, D.Fernando, sem descendencia directa. Depois de porfiada demanda, foi a grande Casa da Feira incorporada na Casa do Infantado e nela se manteve até a sua extinção.
Em 1722 foram palácio e torre de menagem incendiados.
Todo o maravilhoso conjunto entrou em franca e criminosa decadência. Os desmoronamentos, as ervas e as silvas proliferavam.
Em 28 de Agosto de 1905, surgiu uma primeira associação que pretendeu fazer a recuperação do castelo. Foi seu dinamizador Afonso Alfredo Teixeira Couto. Em 1909 apareceu a "Comissão de Vigilância pela Guarda e Conservação do Castelo da Feira".
comentários
galardões
  • galardão visitas
    1000
    visitas
  • galardão popular
    foto
    popular

Maquina: Canon�
Modelo: Canon EOS 350D DIGITAL�
Exposição: 1/320 sec
Abertura: f 4.5
ISO: 200
MeteringMode: Multi-Segment
Flash: No Flash
Dist.Focal: 18 mm