foto user
rodrigo belavista
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/Do eterno.
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/Do eterno.
voltar lista nav-leftnav-right
descrição
Foi
nas tuas sombras
que brotou uma centelha,
um certo riscar de vida,
como a caricia de um fósforo
no derreter da áspera lixa,
que não cinza ou vermelha;

Foi
nas tuas formas
que emergiu uma saudade,
coisa assim mal parida
aberta no rasgar de uma dor,
no tempo da coisa vivida
atribuída á mãe da vontade;

Foi
nas tuas memórias
que se afogou a tristeza,
o abraço, o sorriso, a canção,
a novidade de uma lágrima,
o rir alto e – de novo – a repetição,
como um disco riscado da natureza;

Foi
nas coisas belas,
que outras não te couberam,
o viver abraçado ao querer,
a estrada pintada sem bermas,
o injusto combate a vencer,
não caber ser dos que erram;

É
na tapeçaria das tuas cores,
onde hoje morrem as dores,
que te eternizas,
como luz.

Para ti, Cat de Almeida.
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 450D
Exposição: 1/80
Abertura: f/6.3
ISO: 200
MeteringMode: Pattern
Flash: Não
Dist. Focal: 50 mm
Dist. Focal 35mm: 83.11 mm
Software: Microsoft Windows Live Photo Gallery14.0.8117.416

Foi aqui que te conheci.
É aqui que te deixo o meu último abraço.
favorita de 16
galardões
Esta foto não tem galardões
Do eterno.
Foi
nas tuas sombras
que brotou uma centelha,
um certo riscar de vida,
como a caricia de um fósforo
no derreter da áspera lixa,
que não cinza ou vermelha;

Foi
nas tuas formas
que emergiu uma saudade,
coisa assim mal parida
aberta no rasgar de uma dor,
no tempo da coisa vivida
atribuída á mãe da vontade;

Foi
nas tuas memórias
que se afogou a tristeza,
o abraço, o sorriso, a canção,
a novidade de uma lágrima,
o rir alto e – de novo – a repetição,
como um disco riscado da natureza;

Foi
nas coisas belas,
que outras não te couberam,
o viver abraçado ao querer,
a estrada pintada sem bermas,
o injusto combate a vencer,
não caber ser dos que erram;

É
na tapeçaria das tuas cores,
onde hoje morrem as dores,
que te eternizas,
como luz.

Para ti, Cat de Almeida.
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 450D
Exposição: 1/80
Abertura: f/6.3
ISO: 200
MeteringMode: Pattern
Flash: Não
Dist. Focal: 50 mm
Dist. Focal 35mm: 83.11 mm
Software: Microsoft Windows Live Photo Gallery14.0.8117.416

Foi aqui que te conheci.
É aqui que te deixo o meu último abraço.

favorita de (16)