foto user
CARISSIMI João
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/Entre com a gente na casamata do Forte Copa 1-9 Fi
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/Entre com a gente na casamata do Forte Copa 1-9 Fi
voltar lista nav-leftnav-right

Entre com a gente na casamata do Forte Copa 1-9 Fi

fotografias > 

Outros

2017-06-06 03:37:18
comentários (55) galardões descrição exif favorita de (63)
descrição
- A Fortificação do Forte de Copacabana/RJ, na baía de Guanabara, teve inicio em 1908. A casamata foi inaugurada em 28 de setembro de 1914 – há 103 anos. O projeto do Forte de Copacabana é único na América Latina. Localiza-se na cidade maravilhosa do Rio de Janeiro e ocupa uma área de 114.169 m². As muralhas externas da casamata estão voltadas para o mar e, têm 12 metros de espessura.
- Na parte externa superior, na cúpula, a casamata abriga canhões alemães Krupp, encouraçados e giratórios – dois (2) canhões de 305 mm que, podem atingir alvos até 23 km de distância, dois (2) canhões de 190 mm, além disso, duas (2) torres de canhões de 75 mm.
- A casamata do Forte de Copacabana apresenta um cenário de época (1914), localiza-se na ponta da praia de Copacabana, próximo a feira do peixe, esquina e rua que dá acesso a praia de Ipanema. O memorial do Exército ocupa uma área de 165 m², no subsolo da fortificação – a casamata, onde sua infraestrutura é bem arejada, e distribuída em galerias de entrada, vários corredores – um grande labirinto – com salas, depósitos e, saída pelo corredor de entrada. Além disso, mantém em seus espaços – portas, janelas, teto, corredores, piso revestido, mobiliário, paredes, equipamentos, canos, bombas, objetos, ferramentas, uniformes e, detalhes – todos com características originais. As paredes pintadas em cor “cinza” garantem uma estabilidade, solidez e uma dignidade. Tudo é bem iluminado, bem como os detalhes em ferro e, madeiras provocam um impacto ao olhar.
- Tudo foi muito bem elevado ao máximo para o visitante, inclusive as exposições, intervenções permanentes nos nichos de cada sala, que dão uma perfeita visibilidade para momento, de onde podemos verificar objetos, utensílios, equipamentos, dispositivos e roupas, etc., - “o tempo passado” – em câmaras de tiro, cozinha, depósitos de viveres e diversas coisas, almoxarifado, banheiros, lavatórios, cisterna de água, alojamentos para oficiais e praças, observatório, escritório e telégrafo, enfermaria, e oficinas. Além disso, a capelinha/oratório que, no altar contempla uma réplica da Nossa Senhora de Copacabana, doada pelos militares da Força Aérea Boliviana em 1972. Tudo isso pode dar contar da história do Exército Brasileiro e de todos os personagens que por ela com ela vivenciaram suas práticas, de onde poderiam permanecer durante longo período de combate sem precisar de auxílio externo.
- O meu sobrinho/afilhado Júnior e, Eu - estamos aqui: na casamata do Forte de Copacabana, pela primeira vez, tão ansiosos e apressados que, imediatamente entramos no memorial, o qual não tem visita guiada/dirigida e nem um livro de presença, que talvez pudesse estar colocado no final da visita na saída. Rio de Janeiro, domingo (30) abril de 2017, a partir das 13h. Por favor, entre com a gente!

Foto: 9 - Entrada e Saída - Casamata do Forte

Para mais informações, por favor acesse

http://olhares.sapo.pt/jun2017jr-visita-a-casamata-do-forte-copacabana-foto8777859.html

http://aidacomkt-carissimi.blogspot.com.br/2017/06/entre-com-gente-na-casamata-do-forte-de.html
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS REBEL T3













Exposição: 1/30 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/3.5
ISO: 400
Dist.Focal: 18mm
Dist.Focal (35mm):
Software:

favorita de 63
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
Entre com a gente na casamata do Forte Copa 1-9 Fi
- A Fortificação do Forte de Copacabana/RJ, na baía de Guanabara, teve inicio em 1908. A casamata foi inaugurada em 28 de setembro de 1914 – há 103 anos. O projeto do Forte de Copacabana é único na América Latina. Localiza-se na cidade maravilhosa do Rio de Janeiro e ocupa uma área de 114.169 m². As muralhas externas da casamata estão voltadas para o mar e, têm 12 metros de espessura.
- Na parte externa superior, na cúpula, a casamata abriga canhões alemães Krupp, encouraçados e giratórios – dois (2) canhões de 305 mm que, podem atingir alvos até 23 km de distância, dois (2) canhões de 190 mm, além disso, duas (2) torres de canhões de 75 mm.
- A casamata do Forte de Copacabana apresenta um cenário de época (1914), localiza-se na ponta da praia de Copacabana, próximo a feira do peixe, esquina e rua que dá acesso a praia de Ipanema. O memorial do Exército ocupa uma área de 165 m², no subsolo da fortificação – a casamata, onde sua infraestrutura é bem arejada, e distribuída em galerias de entrada, vários corredores – um grande labirinto – com salas, depósitos e, saída pelo corredor de entrada. Além disso, mantém em seus espaços – portas, janelas, teto, corredores, piso revestido, mobiliário, paredes, equipamentos, canos, bombas, objetos, ferramentas, uniformes e, detalhes – todos com características originais. As paredes pintadas em cor “cinza” garantem uma estabilidade, solidez e uma dignidade. Tudo é bem iluminado, bem como os detalhes em ferro e, madeiras provocam um impacto ao olhar.
- Tudo foi muito bem elevado ao máximo para o visitante, inclusive as exposições, intervenções permanentes nos nichos de cada sala, que dão uma perfeita visibilidade para momento, de onde podemos verificar objetos, utensílios, equipamentos, dispositivos e roupas, etc., - “o tempo passado” – em câmaras de tiro, cozinha, depósitos de viveres e diversas coisas, almoxarifado, banheiros, lavatórios, cisterna de água, alojamentos para oficiais e praças, observatório, escritório e telégrafo, enfermaria, e oficinas. Além disso, a capelinha/oratório que, no altar contempla uma réplica da Nossa Senhora de Copacabana, doada pelos militares da Força Aérea Boliviana em 1972. Tudo isso pode dar contar da história do Exército Brasileiro e de todos os personagens que por ela com ela vivenciaram suas práticas, de onde poderiam permanecer durante longo período de combate sem precisar de auxílio externo.
- O meu sobrinho/afilhado Júnior e, Eu - estamos aqui: na casamata do Forte de Copacabana, pela primeira vez, tão ansiosos e apressados que, imediatamente entramos no memorial, o qual não tem visita guiada/dirigida e nem um livro de presença, que talvez pudesse estar colocado no final da visita na saída. Rio de Janeiro, domingo (30) abril de 2017, a partir das 13h. Por favor, entre com a gente!

Foto: 9 - Entrada e Saída - Casamata do Forte

Para mais informações, por favor acesse

http://olhares.sapo.pt/jun2017jr-visita-a-casamata-do-forte-copacabana-foto8777859.html

http://aidacomkt-carissimi.blogspot.com.br/2017/06/entre-com-gente-na-casamata-do-forte-de.html
Tag’s: Entrada,Sáida,casamata,Forte.,Copacabana,Rio de Janeiro,Brasil,Memorial,visita,maio,30,2017,Série,Fim
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS REBEL T3













Exposição: 1/30 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/3.5
ISO: 400
Dist.Focal: 18mm
Dist.Focal (35mm):
Software:


favorita de (63)