foto user
Daniel vilar
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Urbana/Mirandela -
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Urbana/Mirandela -
voltar lista nav-leftnav-right

Mirandela -

fotografias > 

Paisagem Urbana

2017-01-14 10:29:15
Ver no mapa
comentários (32) galardões descrição exif favorita de (62)
descrição
ação muito antiga, Mirandela terá sido o local da cividade romana de Caladunum. No monte de S. Martinho, perto de Mirandela, foram encontrados numerosos vestígios da ocupação romana.

Ali se encontrava a povoação povoada por D. Afonso II, à qual D. Afonso III se refere nas suas Inquirições. D. Afonso III concedeu foral a Mirandela em 25 de Maio de 1250, elevando-a à categoria de vila.

Em 1282 a vila de Mirandela é transferida do lugar "Castelho Velho" para o Cabeço de S. Miguel, onde está agora situada.

Em 7 de Março de 1291, D. Dinis atribui foral novo a Mirandela, confirmado por D. Manuel I em 1 de Julho de 1512.

Existem em Mirandela as ruinas de um castelo que, por pertencer aos Távoras, era chamado Castelo dos Távoras. Atribui-se a fundação deste castelo a D. Dinis. Com o desaparecimento dos Távoras, em 1759, este castelo esteve abandonado durante muito tempo. Os condes de S. Vicente recuperaram o castelo e reconstruiram-no. Mais tarde foi posse da Câmara Municipal e depois do Ministério da Guerra. Durante a posse da Câmara Municipal tinha sido adaptado para quartel.

A região de Mirandela conseguiu um grande incremento com a criação do caminho de ferro do Tua, inaugurado em 27 de Setembro de 1887.

Mirandela foi condecorada com o grau de cavaleiro da Ordem da Torre-e-Espada, cujas insígnias lhe foram entregues solenemente em 1 de Agosto de 1920.

Em 22 de Abril de 1957 foi acrescentada ao concelho de Mirandela a freguesia de Vila Boa, que antes pertencia ao concelho de Franco.

Durante a década de 70 deste século, a população e a economia de Mirandela aumentou numa forma muito superior aos outros concelhos vizinhos. Tal facto ficou devido à posição geográfica e ao aumento dos serviços e instituições públicas, que têm agora aqui as suas delegações.

Foi elevada a cidade em 28 de Junho de 1984.

Actualmente a principal actividade económica do concelho é a agricultura e a pecuária, o que trás por consequência grande significado à indústria transformadora de produtos agro-pecuários. Nesta indústria predominam os lacticínios, os vinhos e o azeite, os frutos e produtos hortícolas e um matadouro. São famosos em todo o país os presuntos de Mirandela e os enchidos, principalmente as alheiras.

Fernando Dias
exif / informação técnica
Máquina:
Modelo:
Exposição:
Exposição (EV+/-):
Abertura:
ISO:
Dist.Focal:
Dist.Focal (35mm):
Software: Adobe Photoshop CS6 (Windows)

favorita de 62
galardões
  • galardão visitas
    1000
    visitas
  • galardão popular
    foto
    popular
Mirandela -
ação muito antiga, Mirandela terá sido o local da cividade romana de Caladunum. No monte de S. Martinho, perto de Mirandela, foram encontrados numerosos vestígios da ocupação romana.

Ali se encontrava a povoação povoada por D. Afonso II, à qual D. Afonso III se refere nas suas Inquirições. D. Afonso III concedeu foral a Mirandela em 25 de Maio de 1250, elevando-a à categoria de vila.

Em 1282 a vila de Mirandela é transferida do lugar "Castelho Velho" para o Cabeço de S. Miguel, onde está agora situada.

Em 7 de Março de 1291, D. Dinis atribui foral novo a Mirandela, confirmado por D. Manuel I em 1 de Julho de 1512.

Existem em Mirandela as ruinas de um castelo que, por pertencer aos Távoras, era chamado Castelo dos Távoras. Atribui-se a fundação deste castelo a D. Dinis. Com o desaparecimento dos Távoras, em 1759, este castelo esteve abandonado durante muito tempo. Os condes de S. Vicente recuperaram o castelo e reconstruiram-no. Mais tarde foi posse da Câmara Municipal e depois do Ministério da Guerra. Durante a posse da Câmara Municipal tinha sido adaptado para quartel.

A região de Mirandela conseguiu um grande incremento com a criação do caminho de ferro do Tua, inaugurado em 27 de Setembro de 1887.

Mirandela foi condecorada com o grau de cavaleiro da Ordem da Torre-e-Espada, cujas insígnias lhe foram entregues solenemente em 1 de Agosto de 1920.

Em 22 de Abril de 1957 foi acrescentada ao concelho de Mirandela a freguesia de Vila Boa, que antes pertencia ao concelho de Franco.

Durante a década de 70 deste século, a população e a economia de Mirandela aumentou numa forma muito superior aos outros concelhos vizinhos. Tal facto ficou devido à posição geográfica e ao aumento dos serviços e instituições públicas, que têm agora aqui as suas delegações.

Foi elevada a cidade em 28 de Junho de 1984.

Actualmente a principal actividade económica do concelho é a agricultura e a pecuária, o que trás por consequência grande significado à indústria transformadora de produtos agro-pecuários. Nesta indústria predominam os lacticínios, os vinhos e o azeite, os frutos e produtos hortícolas e um matadouro. São famosos em todo o país os presuntos de Mirandela e os enchidos, principalmente as alheiras.

Fernando Dias
Tag’s: Portugal,Trasosmontes,Mirandela,Danielvilar
comentários
galardões
  • galardão visitas
    1000
    visitas
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina:
Modelo:
Exposição:
Exposição (EV+/-):
Abertura:
ISO:
Dist.Focal:
Dist.Focal (35mm):
Software: Adobe Photoshop CS6 (Windows)


favorita de (62)