foto user
José Ramos
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Natural/"O Encontro"
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Natural/"O Encontro"
voltar lista nav-leftnav-right

"O Encontro"

fotografias > 

Paisagem Natural

2015-10-23 16:12:21
Ver no mapa
comentários (37) galardões descrição exif favorita de (123)
descrição
"O Encontro"

Após 30 horas seguidas de fotografia e condução, um encontro incrível mesmo à minha frente: as montanhas majestosas de Vestrahorn à esquerda, os últimos raios de Aurora Boreal à direita, e o vislumbre ténue do sol que se começava a aproximar no meio.

O dia anterior tinha começado com um despertar doloroso pouco depois no nascer do sol, após uma noite a dormir no carro (e após uma viagem de 200km durante a noite). Decidimos dormir em Jokulsarlon e às 5 da manhã fomos imediatamente para a famosa praia dos blocos de gelo, debaixo de um tempo extremamente frio. Como é habitual, fiquei ensopado até ao joelho durante a sessão fotográfica, e só tomei a primeira refeição às 15:00, após conduzir 80km até Hofn. O clima mudou de forma inesperada, e tive que cancelar o plano de fotografar as montanhas de Vestrahorn nesta zona, pelo que regressei a Jokulsarlon, em mais uma viagem de 80km. De acordo com a previsão metereológica existiria uma janela de 2 horas com céu limpo em Jokulsarlon, o que poderia significar conseguir finalmente ver de novo a Aurora Boreal. Quando chegámos à lagoa a luz não parecia tão boa como esperado, mas fiquei com esperança de que melhorasse à medida que o sol se escondesse por detrás das montanhas glaciares. Felizmente foi isso que aconteceu, e fomos presenteados com um espectáculo de luz e cor incrível. Mais uma vez as temperaturas estavam geladas e eu era o único louco com água até à coxa. Quando ficou escuro, regressámos ao carro para comer sandes e esperar para ver se a Aurora nos visitaria nesta noite. A previsão era pouco animadora, com um rating de apenas "2" pelo site Vedur, mas o fenómeno natural mais incrível do mundo acabou por finalmente aparecer! Após duas horas a fotografar, e à medida que a actividade no céu ficava mais ténue, decidi ainda que regressaria durante a noite a Vestrahorn, já que a previsão indiciava sol e nuvens de manhã, pelo que tive que fazer mais 80km a meio da noite, apenas possível graças a algumas energy drinks islandesas, baratas, cheias de cafeína e disponíveis em todo o lado. A minha companheira estava absolutamente exausta, e decidiu ficar no carro quando chegámos, mas eu estava com o "bichinho" de que poderia ser uma boa noite para fotografar as majestosas montnahas, e talvez até captar a Aurora em seu redor. O meu corpo estava a implorar por descanso, mas acabei por decidir sair para fotografar. Sem dúvida que valeu a pena, e consegui fotos muito interessantes deste local incrível. Fiquei a contemplar e fotografar o cenário até bem depois do sol nascer, e depois simplesmente aterrei no carro...

Dados técnicos:
Sony a7R + Zeiss 16-35mm f4
ISO: 1600
Abertura: f4
Exposição: 15 segundos
Foco manual
Tripé Manfrotto 055XPRO3
Disparador remoto wireless


José Ramos © http://www,joseramos.com

- Instagram: http://www.instagram.com/joseramosphotogaphy
- Facebook: http://www.facebook.com/joseramosphotography
- Facebook Pessoal: http://www.facebook.com/jmlramos
exif / informação técnica
Máquina:
Modelo:
Exposição:
Exposição (EV+/-):
Abertura:
ISO:
Dist.Focal:
Dist.Focal (35mm):
Software: Adobe Photoshop CC 2015 (Windows)

favorita de 123
galardões
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
  • galardão curador
    curador
  • galardão curador
    curador
"O Encontro"
"O Encontro"

Após 30 horas seguidas de fotografia e condução, um encontro incrível mesmo à minha frente: as montanhas majestosas de Vestrahorn à esquerda, os últimos raios de Aurora Boreal à direita, e o vislumbre ténue do sol que se começava a aproximar no meio.

O dia anterior tinha começado com um despertar doloroso pouco depois no nascer do sol, após uma noite a dormir no carro (e após uma viagem de 200km durante a noite). Decidimos dormir em Jokulsarlon e às 5 da manhã fomos imediatamente para a famosa praia dos blocos de gelo, debaixo de um tempo extremamente frio. Como é habitual, fiquei ensopado até ao joelho durante a sessão fotográfica, e só tomei a primeira refeição às 15:00, após conduzir 80km até Hofn. O clima mudou de forma inesperada, e tive que cancelar o plano de fotografar as montanhas de Vestrahorn nesta zona, pelo que regressei a Jokulsarlon, em mais uma viagem de 80km. De acordo com a previsão metereológica existiria uma janela de 2 horas com céu limpo em Jokulsarlon, o que poderia significar conseguir finalmente ver de novo a Aurora Boreal. Quando chegámos à lagoa a luz não parecia tão boa como esperado, mas fiquei com esperança de que melhorasse à medida que o sol se escondesse por detrás das montanhas glaciares. Felizmente foi isso que aconteceu, e fomos presenteados com um espectáculo de luz e cor incrível. Mais uma vez as temperaturas estavam geladas e eu era o único louco com água até à coxa. Quando ficou escuro, regressámos ao carro para comer sandes e esperar para ver se a Aurora nos visitaria nesta noite. A previsão era pouco animadora, com um rating de apenas "2" pelo site Vedur, mas o fenómeno natural mais incrível do mundo acabou por finalmente aparecer! Após duas horas a fotografar, e à medida que a actividade no céu ficava mais ténue, decidi ainda que regressaria durante a noite a Vestrahorn, já que a previsão indiciava sol e nuvens de manhã, pelo que tive que fazer mais 80km a meio da noite, apenas possível graças a algumas energy drinks islandesas, baratas, cheias de cafeína e disponíveis em todo o lado. A minha companheira estava absolutamente exausta, e decidiu ficar no carro quando chegámos, mas eu estava com o "bichinho" de que poderia ser uma boa noite para fotografar as majestosas montnahas, e talvez até captar a Aurora em seu redor. O meu corpo estava a implorar por descanso, mas acabei por decidir sair para fotografar. Sem dúvida que valeu a pena, e consegui fotos muito interessantes deste local incrível. Fiquei a contemplar e fotografar o cenário até bem depois do sol nascer, e depois simplesmente aterrei no carro...

Dados técnicos:
Sony a7R + Zeiss 16-35mm f4
ISO: 1600
Abertura: f4
Exposição: 15 segundos
Foco manual
Tripé Manfrotto 055XPRO3
Disparador remoto wireless


José Ramos © http://www,joseramos.com

- Instagram: http://www.instagram.com/joseramosphotogaphy
- Facebook: http://www.facebook.com/joseramosphotography
- Facebook Pessoal: http://www.facebook.com/jmlramos
Tag’s: vestrahorn,vesturhorn,stokksnes,iceland,islândia,aurora boreal,longa exposição
comentários
galardões
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
  • galardão curador
    curador

Máquina:
Modelo:
Exposição:
Exposição (EV+/-):
Abertura:
ISO:
Dist.Focal:
Dist.Focal (35mm):
Software: Adobe Photoshop CC 2015 (Windows)


favorita de (123)