foto user
rodrigo belavista
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/O ontem de hoje.
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/O ontem de hoje.
voltar lista nav-leftnav-right

O ontem de hoje.

fotografias > 

Outros

2012-01-12 21:20:56
comentários (28) galardões descrição exif favorita de (28)
descrição
Ontem, dia de tão grande dimensão como a parvoíce dos restantes, houve alguém que abandonou esta forma de viver. O Jorge era, como eu e outros tantos, um utilizador deste site, uma pessoa com sentido crítico, par de olhos para as coisas que via, momento homem que fazia acontecer e tudo o mais que lhe fosse na capacidade de o apetecer. Confesso que nunca o conheci pessoalmente, somente neste sítio onde, há algum tempo atrás, tivémos tantas e tão boas oportunidades de cruzar, gostar, desgostar, alimentar e partilhar olhares ou até mesmo palavras. Sinto a perda quase como física, o Jorge morava no Pinhal Novo, não muito longe de mim e, ainda assim, não houve a oportunidade de lhe ver os olhos. Hoje, ao saber deste cru desaparecimento, fiquei comovido, senti que uma parte do que me fez ser partilha ou aventura virtual e retratada, se foi. Ele foi, parece que após alguns meses de mal estar, a tal doença irreflectida que nos traça um caminho sombrio. Ele foi e nós por cá estamos, sem saber quanto tempo lhe devemos. Ele foi e eu não podia sossegar a alma sem lhe deixar a mais singela das homenagens, um retrato vazio, a falta do nada, a homenagem de ele - por aqui - me ter acontecido.
Amanhã chegaremos aí perto.

O Jorge Sequeira andava por aqui:
olhares.com/joriseq
agora, anda em todos os que o lembram.
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 450D
Exposição: 1/320
Abertura: f/9
ISO: 200
MeteringMode: Pattern
Flash: Não
Dist.Focal: 149 mm

favorita de 28
galardões
  • galardão visitas
    1000
    visitas
O ontem de hoje.
Ontem, dia de tão grande dimensão como a parvoíce dos restantes, houve alguém que abandonou esta forma de viver. O Jorge era, como eu e outros tantos, um utilizador deste site, uma pessoa com sentido crítico, par de olhos para as coisas que via, momento homem que fazia acontecer e tudo o mais que lhe fosse na capacidade de o apetecer. Confesso que nunca o conheci pessoalmente, somente neste sítio onde, há algum tempo atrás, tivémos tantas e tão boas oportunidades de cruzar, gostar, desgostar, alimentar e partilhar olhares ou até mesmo palavras. Sinto a perda quase como física, o Jorge morava no Pinhal Novo, não muito longe de mim e, ainda assim, não houve a oportunidade de lhe ver os olhos. Hoje, ao saber deste cru desaparecimento, fiquei comovido, senti que uma parte do que me fez ser partilha ou aventura virtual e retratada, se foi. Ele foi, parece que após alguns meses de mal estar, a tal doença irreflectida que nos traça um caminho sombrio. Ele foi e nós por cá estamos, sem saber quanto tempo lhe devemos. Ele foi e eu não podia sossegar a alma sem lhe deixar a mais singela das homenagens, um retrato vazio, a falta do nada, a homenagem de ele - por aqui - me ter acontecido.
Amanhã chegaremos aí perto.

O Jorge Sequeira andava por aqui:
olhares.com/joriseq
agora, anda em todos os que o lembram.
comentários
galardões
  • galardão visitas
    1000
    visitas

Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 450D
Exposição: 1/320
Abertura: f/9
ISO: 200
MeteringMode: Pattern
Flash: Não
Dist.Focal: 149 mm


favorita de (28)