foto user
Mário Rolo
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/Palácio da Brejoeira ( I ) -- Monção ( Ler P. F: F
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/Palácio da Brejoeira ( I ) -- Monção ( Ler P. F: F
voltar lista nav-leftnav-right

Palácio da Brejoeira ( I ) -- Monção ( Ler P. F: F

fotografias > 

Outros

2017-07-15 12:07:44
Ver no mapa
comentários (71) galardões descrição exif favorita de (82)
descrição
Construção iniciada em 1806, a mando de um fidalgo da Casa Real e cavaleiro da Ordem de Cristo, de nome Luís Pereira Velho de Moscoso, é concluída em 1834.
Em 1908 e já na posse de outro proprietário, conselheiro Pedro Maria da Fonseca Araújo, comerciante e na altura Presidente da Associação de Comércio do Porto, inicia obras de restauro e remodelação, edifica-se o teatro, revestem-se as paredes do átrio e escadaria de azulejos e no exterior reforma os jardins e o bosque riquíssimo em espécies exóticas, construindo ainda um belo lago.
Em 1937, Francisco de Oliveira Paes. adquire o palácio para oferecer à sua filha Maria Hermínia de Oliveira Paes, como prenda de aniversário pelos seus 18 anos.
Palácio construído na Quinta do Valle da Roza, actual Quinta da Brejoeira, com grandes e luxuosos salões, imensa biblioteca, jardim de Inverno, capela, teatro, azulejos figurativos, pratas, loiças do Oriente.mobiliário de madre pérola e pau preto, tudo é palaciano e, como tal, digno de uma demorada visita.
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 40D
Exposição: 1/1600 sec
Exposição (EV+/-): -0.3 step
Abertura: f/8
ISO: 500
Dist.Focal: 18mm
Dist.Focal (35mm):
Software:

favorita de 82
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
Palácio da Brejoeira ( I ) -- Monção ( Ler P. F: F
Construção iniciada em 1806, a mando de um fidalgo da Casa Real e cavaleiro da Ordem de Cristo, de nome Luís Pereira Velho de Moscoso, é concluída em 1834.
Em 1908 e já na posse de outro proprietário, conselheiro Pedro Maria da Fonseca Araújo, comerciante e na altura Presidente da Associação de Comércio do Porto, inicia obras de restauro e remodelação, edifica-se o teatro, revestem-se as paredes do átrio e escadaria de azulejos e no exterior reforma os jardins e o bosque riquíssimo em espécies exóticas, construindo ainda um belo lago.
Em 1937, Francisco de Oliveira Paes. adquire o palácio para oferecer à sua filha Maria Hermínia de Oliveira Paes, como prenda de aniversário pelos seus 18 anos.
Palácio construído na Quinta do Valle da Roza, actual Quinta da Brejoeira, com grandes e luxuosos salões, imensa biblioteca, jardim de Inverno, capela, teatro, azulejos figurativos, pratas, loiças do Oriente.mobiliário de madre pérola e pau preto, tudo é palaciano e, como tal, digno de uma demorada visita.
Tag’s: História,Palaciana,Sumptuosidade,Fidalguia,Brazonada
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 40D
Exposição: 1/1600 sec
Exposição (EV+/-): -0.3 step
Abertura: f/8
ISO: 500
Dist.Focal: 18mm
Dist.Focal (35mm):
Software:


favorita de (82)