foto user
Maria Vitorino
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
História/Pego da Moura (ler sff)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
História/Pego da Moura (ler sff)
voltar lista nav-leftnav-right

Pego da Moura (ler sff)

fotografias > 

História

2018-05-22 19:50:50
Ver no mapa
comentários (114) galardões descrição exif favorita de (119)
descrição
Barragem Romana do Pego da Moura

Toponímia:
Sítio da Represa / Pego da Moura
.
Cronologia:
Século I / III d. C.

Medidas de protecção:
Classificada como Imóvel de Interesse Público pelo Decreto nº 67/97, D. R. n.º 301, de 31 de Dezembro de 1997.

Descrição sumária:
A estrutura desta barragem consiste num muro de planta rectilínea, com um comprimento inicial de cerca de 40 metros, possuindo, actualmente, a altura máxima de 3 metros, a espessura de 2,90 metros e seis contrafortes. É, também, de assinalar a existência, entre dois contrafortes extremos, de um poço semi-circular, construído em alvenaria, e provavelmente de época posterior. A barragem é constituída, na sua quase totalidade, por opus incertum. Na zona central existe uma câmara abobadada, da mesma época, tendo sido usado na sua construção lateres e opus signinum. Possui uma bacia hidrográfica com cerca de 2,3 km2.

Síntese de intervenções:
Referida por Carvalho Costa, em 1712, e no século XX pelo Dr. Manuel Mateus, a barragem só foi objecto de estudo arqueológico (sumário) na década de 90.

Observações:
Fica situada a cerca de 2 000 metros a sul de Grândola, num pequeno afluente do rio Davino

http://www.cm-grandola.pt/frontoffice/pages/324?poi_id=139
exif / informação técnica
Máquina: samsung
Modelo: SM-G935F
Exposição: 1/3000 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/1.7
ISO: 40
Dist.Focal: 4.2mm
Dist.Focal (35mm): 26 mm
Software: Adobe Photoshop Lightroom 5.3 (Windows)

favorita de 119
galardões
  • galardão partilhas
    partilhas
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
Pego da Moura (ler sff)
Barragem Romana do Pego da Moura

Toponímia:
Sítio da Represa / Pego da Moura
.
Cronologia:
Século I / III d. C.

Medidas de protecção:
Classificada como Imóvel de Interesse Público pelo Decreto nº 67/97, D. R. n.º 301, de 31 de Dezembro de 1997.

Descrição sumária:
A estrutura desta barragem consiste num muro de planta rectilínea, com um comprimento inicial de cerca de 40 metros, possuindo, actualmente, a altura máxima de 3 metros, a espessura de 2,90 metros e seis contrafortes. É, também, de assinalar a existência, entre dois contrafortes extremos, de um poço semi-circular, construído em alvenaria, e provavelmente de época posterior. A barragem é constituída, na sua quase totalidade, por opus incertum. Na zona central existe uma câmara abobadada, da mesma época, tendo sido usado na sua construção lateres e opus signinum. Possui uma bacia hidrográfica com cerca de 2,3 km2.

Síntese de intervenções:
Referida por Carvalho Costa, em 1712, e no século XX pelo Dr. Manuel Mateus, a barragem só foi objecto de estudo arqueológico (sumário) na década de 90.

Observações:
Fica situada a cerca de 2 000 metros a sul de Grândola, num pequeno afluente do rio Davino

http://www.cm-grandola.pt/frontoffice/pages/324?poi_id=139
Tag’s: H-Pego da Moura,Barragem,represa,Grândola,Rio Davino
comentários
galardões
  • galardão partilhas
    partilhas
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: samsung
Modelo: SM-G935F
Exposição: 1/3000 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/1.7
ISO: 40
Dist.Focal: 4.2mm
Dist.Focal (35mm): 26 mm
Software: Adobe Photoshop Lightroom 5.3 (Windows)


favorita de (119)