foto user
Antonio Ramos
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/Ponte móvel de Leixões
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/Ponte móvel de Leixões
voltar lista nav-leftnav-right

Ponte móvel de Leixões

fotografias > 

Outros

2017-05-22 11:53:15
Ver no mapa
comentários (115) galardões descrição exif favorita de (115)
descrição
A Ponte móvel de Leça situa-se no porto de Leixões, e tem como objectivo ligar duas margens do porto, mais concretamente Matosinhos a Leça da Palmeira, dando acesso à doca nº 4, mas também levantar para os navios poderem navegar através dela. É um importante meio de ligação, pois se tal não existisse não seria possível a travessia do porto com tanta facilidade.
Inaugurada a 30 de julho de 2007 esta foi projetada pelo Arquiteto João Motta Guedes e teve a participação também dos Engenheiros das empresas Proman e JNA.
Um trabalho em conjunto que possibilitou que esta vencesse vários prémios nacionais e internacionais.
A nova ponte tem como principais objetivos:
• Uma melhor circulação rodoviária e pedonal;
• Acesso de navios de maior porte no Porto de Leixões, como o de classe "Panamax";
• Aumento da competitividade do Porto;
• Maior velocidade de abertura e fecho das duas partes do vão;
• Minimizar constrangimento na transposição da ponte;
• Melhoria dos acessos em ambas margens;
• Reduzir número de vezes do levantamento da ponte;
• Substituir mecanismos da antiga ponte com 50 anos;
• Aumentar acesso da frota mundial para 75%;

Novas características Estruturais:
• Alargamento do vão para 92 metros;
• Cobertura na faixa pedonal;
• Dois elevadores para os peões;
• Moderno sistema hidráulico de abertura e fecho;
• Alargamento do canal navegável de 59 metros para 77,5 metros;
• Estrutura mais ligeira;
• Peso total: 1300 t;
• Peso de cada vão: 290 t;
• Dois grande suportes estruturais, pintados de azul, em forma de H, que suportam as forças exercidas pela ponte;
• Altura total da ponte: 42 metros;
• Altura do vão passa de 9,4 metros para 10,7 metros.

Uma das principais vantagens desta nova ponte é o tempo ganho na passagem dos barcos.
Por um lado, o aumento de altura do vão já não é preciso fazer subir tantas vezes a ponte, beneficiando a circulação rodoviária pois não tem que ser interrompida. Por outro lado, o facto de ter um novo equipamento elétrico e hidráulico permite uma maior eficiência na abertura e no fecho da ponto, reduzido cerca de 6 minutos o tempo em ralação à antiga ponte. Este projeto foi concretizado pela empresa Mota Engil - Engenharia de Construção, SA, comparticipado pela POAT – Programa Operacional de Acessibilidades e Transporte e CPTP - Companhia Portuguesa de Trabalhos Portuários e Construções, SA e financiado em 50% pela União Europeia.
É a 4ª maior ponte Móvel do mundo, ficando atrás da ponte móvel de Barcelona, Valência e Miami.
O custo total da obra foi cerca de 14 milhões de euros.
Poderá, através deste link do Google maps, fazer uma visita Virtual pela ponte
Aqui ficam algumas informações gerais da ponte:
Localização Porto de Leixões
Tipo de ponte Basculante
Inauguração 30 de Julho de 2007
Cliente APDL - Administraçãõ dos Portos do Douro e Leixões S.A.
Arquitecto João Motta Guedes
Engenheiros responsáveis Correia de Araújo e Campos e Matos (ante-projecto);
PROMAN - Centro de Estudos e Projectos, SA; JNA - Nunes de Almeida Engenharia e Projectos, Unipessoal, Lda. (projecto)
Prémios European Steel Design Awards 2007;
ECCS - European Convention for Construction Steelwork
Largura do tabuleiro 10,7 m (mais 1,3 m que a anterior)
Peso de cada tabuleiro 290 toneladas
Vão livre 77,5 m (mais 19 que a anterior)

exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3300
Exposição: 1/500 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/11
ISO: 200
Dist.Focal: 28mm
Dist.Focal (35mm): 42 mm
Software: Ver.1.00

favorita de 115
galardões
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
Ponte móvel de Leixões
A Ponte móvel de Leça situa-se no porto de Leixões, e tem como objectivo ligar duas margens do porto, mais concretamente Matosinhos a Leça da Palmeira, dando acesso à doca nº 4, mas também levantar para os navios poderem navegar através dela. É um importante meio de ligação, pois se tal não existisse não seria possível a travessia do porto com tanta facilidade.
Inaugurada a 30 de julho de 2007 esta foi projetada pelo Arquiteto João Motta Guedes e teve a participação também dos Engenheiros das empresas Proman e JNA.
Um trabalho em conjunto que possibilitou que esta vencesse vários prémios nacionais e internacionais.
A nova ponte tem como principais objetivos:
• Uma melhor circulação rodoviária e pedonal;
• Acesso de navios de maior porte no Porto de Leixões, como o de classe "Panamax";
• Aumento da competitividade do Porto;
• Maior velocidade de abertura e fecho das duas partes do vão;
• Minimizar constrangimento na transposição da ponte;
• Melhoria dos acessos em ambas margens;
• Reduzir número de vezes do levantamento da ponte;
• Substituir mecanismos da antiga ponte com 50 anos;
• Aumentar acesso da frota mundial para 75%;

Novas características Estruturais:
• Alargamento do vão para 92 metros;
• Cobertura na faixa pedonal;
• Dois elevadores para os peões;
• Moderno sistema hidráulico de abertura e fecho;
• Alargamento do canal navegável de 59 metros para 77,5 metros;
• Estrutura mais ligeira;
• Peso total: 1300 t;
• Peso de cada vão: 290 t;
• Dois grande suportes estruturais, pintados de azul, em forma de H, que suportam as forças exercidas pela ponte;
• Altura total da ponte: 42 metros;
• Altura do vão passa de 9,4 metros para 10,7 metros.

Uma das principais vantagens desta nova ponte é o tempo ganho na passagem dos barcos.
Por um lado, o aumento de altura do vão já não é preciso fazer subir tantas vezes a ponte, beneficiando a circulação rodoviária pois não tem que ser interrompida. Por outro lado, o facto de ter um novo equipamento elétrico e hidráulico permite uma maior eficiência na abertura e no fecho da ponto, reduzido cerca de 6 minutos o tempo em ralação à antiga ponte. Este projeto foi concretizado pela empresa Mota Engil - Engenharia de Construção, SA, comparticipado pela POAT – Programa Operacional de Acessibilidades e Transporte e CPTP - Companhia Portuguesa de Trabalhos Portuários e Construções, SA e financiado em 50% pela União Europeia.
É a 4ª maior ponte Móvel do mundo, ficando atrás da ponte móvel de Barcelona, Valência e Miami.
O custo total da obra foi cerca de 14 milhões de euros.
Poderá, através deste link do Google maps, fazer uma visita Virtual pela ponte
Aqui ficam algumas informações gerais da ponte:
Localização Porto de Leixões
Tipo de ponte Basculante
Inauguração 30 de Julho de 2007
Cliente APDL - Administraçãõ dos Portos do Douro e Leixões S.A.
Arquitecto João Motta Guedes
Engenheiros responsáveis Correia de Araújo e Campos e Matos (ante-projecto);
PROMAN - Centro de Estudos e Projectos, SA; JNA - Nunes de Almeida Engenharia e Projectos, Unipessoal, Lda. (projecto)
Prémios European Steel Design Awards 2007;
ECCS - European Convention for Construction Steelwork
Largura do tabuleiro 10,7 m (mais 1,3 m que a anterior)
Peso de cada tabuleiro 290 toneladas
Vão livre 77,5 m (mais 19 que a anterior)

Tag’s: Leça da Palmeira,Farol de Leça,Forte Nossa senhora das Neves,B.V.de Leça.mercado de Matosinhos
comentários
galardões
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3300
Exposição: 1/500 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/11
ISO: 200
Dist.Focal: 28mm
Dist.Focal (35mm): 42 mm
Software: Ver.1.00


favorita de (115)