foto user
Antonio Ramos
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Gentes e Locais/Praça Marquês de Pombal
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Gentes e Locais/Praça Marquês de Pombal
voltar lista nav-leftnav-right

Praça Marquês de Pombal

fotografias > 

Gentes e Locais

2017-04-29 12:16:59
Ver no mapa
comentários (91) galardões descrição exif favorita de (110)
descrição
Em 1832, durante o cerco do porto, passavam neste local as linhas de defesa liberais. O Largo da Aguardente como então se chamava, ficava nessa época no limite da zona urbana.
Aqui se situava uma das barreiras da cidade, onde era cobrado imposto sobre as mercadorias entradas. Em meados do século XIX o jardim tinha já a configuração atual e possuía uma frondosa alameda. Foi ajardinada em 1898 e recebeu o coreto de ferro, oferta dos habitantes da zona. Do lado poente situa-se a igreja da Imaculada Conceição. Foi começada em 1938, segundo projeto inicial do arquitecto Frei Paul Bellot, com a colaboração de diversos pintores e escultores na decoração do interior.
O coreto, ancião de mais de cem anos também, a arteriosclerose da ferrugem mina-lhe o corpo. A pintura, uma vez por outra, serve-lhe apenas de maquilhagem para agradar a antigas paixões já desfeitas e perdidas no tempo.
É pena que as tardes domingueiras de Verão não lhe tragam de volta as muitas bandas de música que por este país fora ainda tocam.
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3300
Exposição: 1/200 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/7.1
ISO: 400
Dist.Focal: 24mm
Dist.Focal (35mm): 36 mm
Software: Ver.1.00

favorita de 110
galardões
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
Praça Marquês de Pombal
Em 1832, durante o cerco do porto, passavam neste local as linhas de defesa liberais. O Largo da Aguardente como então se chamava, ficava nessa época no limite da zona urbana.
Aqui se situava uma das barreiras da cidade, onde era cobrado imposto sobre as mercadorias entradas. Em meados do século XIX o jardim tinha já a configuração atual e possuía uma frondosa alameda. Foi ajardinada em 1898 e recebeu o coreto de ferro, oferta dos habitantes da zona. Do lado poente situa-se a igreja da Imaculada Conceição. Foi começada em 1938, segundo projeto inicial do arquitecto Frei Paul Bellot, com a colaboração de diversos pintores e escultores na decoração do interior.
O coreto, ancião de mais de cem anos também, a arteriosclerose da ferrugem mina-lhe o corpo. A pintura, uma vez por outra, serve-lhe apenas de maquilhagem para agradar a antigas paixões já desfeitas e perdidas no tempo.
É pena que as tardes domingueiras de Verão não lhe tragam de volta as muitas bandas de música que por este país fora ainda tocam.
Tag’s: Igreja de Nª Sª da Conceição,Rua Costa Cabral,Rua de Sta. Catarina,Rua da Constituição
comentários
galardões
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3300
Exposição: 1/200 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/7.1
ISO: 400
Dist.Focal: 24mm
Dist.Focal (35mm): 36 mm
Software: Ver.1.00


favorita de (110)