foto user
rodrigo belavista
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/To wish impossible things.
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/To wish impossible things.
voltar lista nav-leftnav-right

To wish impossible things.

fotografias > 

Outros

2012-02-06 18:24:26
comentários (26) galardões descrição exif favorita de (31)
descrição
Andar com os pés nas nuvens, fazer voos rasantes ao pó do chão. Inverter a horizontal vontade, verticalizar a linha do horizonte. Fazer chover raios de sol, fixar a chuva no firmamento, colocar as nuvens no que nasce e no que se põe. Conceber um vento parado, parir uma pedra corredora, sentir o intocável, descuidar o toque carnal. Saltar em força para baixo, tropeçar no imprevisto e chegar a cair para cima, cabelo escorrido nos pés, unhas crescidas na nuca. Fazer do grotesco uma casa de pão-de-ló, encantada. Jantar de pernas para o ar e não entornar uma gota de felicidade; brindar sem som, olhos entrelaçados. Lá fora, a paisagem das coisas simples. Desces ao nível dos teus passos reais. E quase choras não ser personagem fictícia destas paisagens ou papel cenário deste acto anunciado. Hoje apetece-te desejar as coisas impossíveis que ontem nunca tiveste a coragem de pintar.
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 450D
Exposição: 1/400
Abertura: f/9
ISO: 200
MeteringMode: Pattern
Flash: Não
Dist.Focal: 200 mm

favorita de 31
galardões
Esta foto não tem galardões
To wish impossible things.
Andar com os pés nas nuvens, fazer voos rasantes ao pó do chão. Inverter a horizontal vontade, verticalizar a linha do horizonte. Fazer chover raios de sol, fixar a chuva no firmamento, colocar as nuvens no que nasce e no que se põe. Conceber um vento parado, parir uma pedra corredora, sentir o intocável, descuidar o toque carnal. Saltar em força para baixo, tropeçar no imprevisto e chegar a cair para cima, cabelo escorrido nos pés, unhas crescidas na nuca. Fazer do grotesco uma casa de pão-de-ló, encantada. Jantar de pernas para o ar e não entornar uma gota de felicidade; brindar sem som, olhos entrelaçados. Lá fora, a paisagem das coisas simples. Desces ao nível dos teus passos reais. E quase choras não ser personagem fictícia destas paisagens ou papel cenário deste acto anunciado. Hoje apetece-te desejar as coisas impossíveis que ontem nunca tiveste a coragem de pintar.
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 450D
Exposição: 1/400
Abertura: f/9
ISO: 200
MeteringMode: Pattern
Flash: Não
Dist.Focal: 200 mm


favorita de (31)