foto user
Dolores Marques
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Abstrato/A cidade na cidade - Abismo
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Abstrato/A cidade na cidade - Abismo
voltar lista nav-leftnav-right

A cidade na cidade - Abismo

fotografias > 

Abstrato

2016-12-01 13:24:06
comentários (64) galardões descrição exif favorita de (90)
descrição
Não sei como imaginar
o vazio de um lugar…
vazio...

Sequer, pensar nesse longínquo espaço
onde o pensamento é coagido
a permanecer à sombra
depois traído
quando por força do pensar
cuspido fora dos olhos

Não me surpreende esse frenético olhar
quando me toca
como um simples ruído
indecifrável…
até no silêncio
por não pensar em coisa alguma
ou então em algo semelhante
ao vazio do espaço
que permita imaginar-me
perto ou longe

Não lastimo a falta de o não o ter
é como se fizesse parte
da sua ausência
da imaginação daquele pensar abstracto

Não queira saber onde me encontrar
porque somente me sei
sem me saber presente

(Às vezes a ausência é eternamente
o espaço físico da morte
nunca antes anunciada)

Pois que nem a morte me sabe
nem me interessa
saber se ela existe
ou se no limite, sou…
o pensamento
antes
ou depois dela
por causa de pensar
que penso
a imaginar-me dentro dela

ÔNIXDM

https://www.youtube.com/watch?v=hD4KMp22jBg
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon DIGITAL IXUS 95 IS
Exposição: 1/320 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/2.8
ISO: 80
Dist.Focal: 6.2mm
Dist.Focal (35mm):
Software: PhotoScape

favorita de 90
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
A cidade na cidade - Abismo
Não sei como imaginar
o vazio de um lugar…
vazio...

Sequer, pensar nesse longínquo espaço
onde o pensamento é coagido
a permanecer à sombra
depois traído
quando por força do pensar
cuspido fora dos olhos

Não me surpreende esse frenético olhar
quando me toca
como um simples ruído
indecifrável…
até no silêncio
por não pensar em coisa alguma
ou então em algo semelhante
ao vazio do espaço
que permita imaginar-me
perto ou longe

Não lastimo a falta de o não o ter
é como se fizesse parte
da sua ausência
da imaginação daquele pensar abstracto

Não queira saber onde me encontrar
porque somente me sei
sem me saber presente

(Às vezes a ausência é eternamente
o espaço físico da morte
nunca antes anunciada)

Pois que nem a morte me sabe
nem me interessa
saber se ela existe
ou se no limite, sou…
o pensamento
antes
ou depois dela
por causa de pensar
que penso
a imaginar-me dentro dela

ÔNIXDM

https://www.youtube.com/watch?v=hD4KMp22jBg
Tag’s: a cidade na cidade,abismos,espaço físico da morte,silêncio
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: Canon
Modelo: Canon DIGITAL IXUS 95 IS
Exposição: 1/320 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/2.8
ISO: 80
Dist.Focal: 6.2mm
Dist.Focal (35mm):
Software: PhotoScape


favorita de (90)