foto user
Marina Aguiar
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Urbana/A minha vida é um vendaval que se soltou (ler)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Urbana/A minha vida é um vendaval que se soltou (ler)
voltar lista nav-leftnav-right

A minha vida é um vendaval que se soltou (ler)

fotografias > 

Paisagem Urbana

2015-12-05 06:38:38
comentários (106) galardões descrição exif favorita de (137)
descrição

(...)
A minha vida é um vendaval que se soltou.
É uma onda que se alevantou.
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou
- Sei que não vou por aí!

("Cântico Negro", José Régio, in "Poemas de Deus e do Diabo")
.....

Uma das 7 intervenções na Calçada da Glória, em Lisboa, que fazem parte da exposição "Cântico Negro", executadas por Alma, Fedor e Third (Coletivo Rua), inspirada nesse grito de emancipação que constitui o poema da autoria de José Régio.

Este é o único painel vertical desta série. Efetuado por Third, representa um cisne branco que se encontra enleado por uma serpente. Com conotações bíblicas, mitológicas, até psicanalíticas, é de salientar neste trabalho, traçado e preenchido a spray, uma técnica de expressão pictural, com especial cuidado no tratamento dos volumes, das texturas, das sombras e de uma luz muito particular de tom azulado. E são trabalhos como este que refletem o nível de sofistificação plástica atingido pela prática do aerossol na atualidade.

(Toda esta exposição está estruturada na alternância entre peças com trechos desta reconhecida obra da lírica portuguesa e composições figurativas de índole metafórica, alegórica, por vezes quase mitológica).
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D5000
Exposição: 1/160 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/6.3
ISO: 200
Dist.Focal: 24mm
Dist.Focal (35mm): 36 mm
Software: PhotoScape

favorita de 137
galardões
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
A minha vida é um vendaval que se soltou (ler)

(...)
A minha vida é um vendaval que se soltou.
É uma onda que se alevantou.
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou
- Sei que não vou por aí!

("Cântico Negro", José Régio, in "Poemas de Deus e do Diabo")
.....

Uma das 7 intervenções na Calçada da Glória, em Lisboa, que fazem parte da exposição "Cântico Negro", executadas por Alma, Fedor e Third (Coletivo Rua), inspirada nesse grito de emancipação que constitui o poema da autoria de José Régio.

Este é o único painel vertical desta série. Efetuado por Third, representa um cisne branco que se encontra enleado por uma serpente. Com conotações bíblicas, mitológicas, até psicanalíticas, é de salientar neste trabalho, traçado e preenchido a spray, uma técnica de expressão pictural, com especial cuidado no tratamento dos volumes, das texturas, das sombras e de uma luz muito particular de tom azulado. E são trabalhos como este que refletem o nível de sofistificação plástica atingido pela prática do aerossol na atualidade.

(Toda esta exposição está estruturada na alternância entre peças com trechos desta reconhecida obra da lírica portuguesa e composições figurativas de índole metafórica, alegórica, por vezes quase mitológica).
Tag’s: third,lisboa,calçada da glória,josé régio,cântico negro,arte urbana,graffiti,marina aguiar
comentários
galardões
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D5000
Exposição: 1/160 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/6.3
ISO: 200
Dist.Focal: 24mm
Dist.Focal (35mm): 36 mm
Software: PhotoScape


favorita de (137)