foto user
Maria Vitorino
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Gentes e Locais/Altar-mor (ler sff)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Gentes e Locais/Altar-mor (ler sff)
voltar lista nav-leftnav-right

Altar-mor (ler sff)

fotografias > 

Gentes e Locais

2017-06-20 19:52:55
Ver no mapa
comentários (100) galardões descrição exif favorita de (122)
descrição
Igreja de S. Pedro em Melides
O seu curado é da Ordem de Santiago, o orago primitivo era Santa Marinha, passando o orago a ser São Pedro nos finais do séc. XVII. O seu estado de conservação é bom.

Compõe-se por um edifício térreo, com cobertura de duas águas e campanário saliente rematado por cinco cornijas, quatro janelas sineiras, três sinos, e um relógio com dois mostradores em mármore (um na fachada principal e outro na fachada lateral direita). Na fachada principal podem observar-se uma porta retangular em madeira, um rodapé em azulejos, uma janela (com três frestas) e um cruzeiro em pedra incrustado na torre sineira.

De planta longitudinal, a Igreja é composta por um vestíbulo (localizado sob o coro) com três portas e duas salas laterais, a do lado direito dá acesso à torre sineira. No seu interior podem ver-se: um coro alto (com escada), uma capela lateral à esquerda, uma porta que dá acesso à antiga capela mortuária e um transepto saliente (que do lado direito serve de baptistério).

A cabeceira, retangular, tem em primeiro plano o altar-mor, e na retaguarda duas salas. No ângulo direito do altar-mor existe uma pedra sepulcral com o nome de Maria Felizarda da Costa e Silva (falecida em 2 de Fevereiro de 1833) e no lado esquerdo há uma porta que dá acesso à sacristia, que tem um lavabo antigo, em pedra, com o hábito da Ordem de Santiago.

Foi objeto de intervenções pontuais, em especial devido a estragos sísmicos, esta Igreja sofreu a maior remodelação na década de 60, que alterou profundamente a sua antiga fisionomia, sobretudo a zona do altar-mor.
É património da Diocese de Beja, encontra-se aberta ao público nos dias de celebração religiosa.

http://www.atlas.cimal.pt/drupal/?q=pt-pt/node/114
exif / informação técnica
Máquina: samsung
Modelo: SM-G935F
Exposição: 1/25 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/1.7
ISO: 160
Dist.Focal: 4.2mm
Dist.Focal (35mm): 26 mm
Software: Adobe Photoshop Lightroom 5.3 (Windows)

favorita de 122
galardões
  • galardão partilhas
    partilhas
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
Altar-mor (ler sff)
Igreja de S. Pedro em Melides
O seu curado é da Ordem de Santiago, o orago primitivo era Santa Marinha, passando o orago a ser São Pedro nos finais do séc. XVII. O seu estado de conservação é bom.

Compõe-se por um edifício térreo, com cobertura de duas águas e campanário saliente rematado por cinco cornijas, quatro janelas sineiras, três sinos, e um relógio com dois mostradores em mármore (um na fachada principal e outro na fachada lateral direita). Na fachada principal podem observar-se uma porta retangular em madeira, um rodapé em azulejos, uma janela (com três frestas) e um cruzeiro em pedra incrustado na torre sineira.

De planta longitudinal, a Igreja é composta por um vestíbulo (localizado sob o coro) com três portas e duas salas laterais, a do lado direito dá acesso à torre sineira. No seu interior podem ver-se: um coro alto (com escada), uma capela lateral à esquerda, uma porta que dá acesso à antiga capela mortuária e um transepto saliente (que do lado direito serve de baptistério).

A cabeceira, retangular, tem em primeiro plano o altar-mor, e na retaguarda duas salas. No ângulo direito do altar-mor existe uma pedra sepulcral com o nome de Maria Felizarda da Costa e Silva (falecida em 2 de Fevereiro de 1833) e no lado esquerdo há uma porta que dá acesso à sacristia, que tem um lavabo antigo, em pedra, com o hábito da Ordem de Santiago.

Foi objeto de intervenções pontuais, em especial devido a estragos sísmicos, esta Igreja sofreu a maior remodelação na década de 60, que alterou profundamente a sua antiga fisionomia, sobretudo a zona do altar-mor.
É património da Diocese de Beja, encontra-se aberta ao público nos dias de celebração religiosa.

http://www.atlas.cimal.pt/drupal/?q=pt-pt/node/114
Tag’s: GL-religião,igreja,S. Pedro,Melides,Santiago
comentários
galardões
  • galardão partilhas
    partilhas
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: samsung
Modelo: SM-G935F
Exposição: 1/25 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/1.7
ISO: 160
Dist.Focal: 4.2mm
Dist.Focal (35mm): 26 mm
Software: Adobe Photoshop Lightroom 5.3 (Windows)


favorita de (122)