foto user
José Carlos Barral
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
História/BANDEIRA TURCA
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
História/BANDEIRA TURCA
voltar lista nav-leftnav-right
descrição
Foto – 0079


Istambul – Turquia


A origem exacta da bandeira turca, Ai Eildiz em turco (lua e estrela), é desconhecida. Sabe-se que seu emblema, uma lua e uma estrela branca, adoptados em 1876, são basicamente os símbolos do Islão, religião predominante da região, e utilizado em várias regiões da Ásia Menor, muitos anos antes. É provável que sua estética tenha sido idealizada de acordo com o símbolo do Império Otomano, pois as bandeiras são parecidas.
Já o fundo vermelho é razoável, uma vez que é uma cor predominante na história turca, um país marcado por centenas de conflitos violentos ao longo dos anos, sobretudo as batalhas sangrentas da Guerra de Independência Turca.
No princípio, a bandeira turca era apenas uma média lua sobre um campo verde, modificada em 1793 quando o Sultão Selim III trocou o fundo verde por vermelho. Só em 1844, acrescentou-se a estrela, que, segundo algumas teorias, remonta a época do imperador romano Constantino (fundador de Constantinopla, actual Istambul), considerada na época, o símbolo da Virgem Maria.
Curiosamente, há muitas lendas a respeito do significado da bandeira turca.
Dizem que o Sultão Murad II adotou esse emblema, representando o derramamento de sangue na batalha de Kosovo em 1448, sob um céu da Turquia.
Outros afirmam que o primeiro Sultão otomano teve um sonho profético, onde surgia em seu peito, uma lua e uma estrela, que se ampliaram, num presságio da conquista da dinastia de Constantinopla. Mais tarde, com a queda de Constantinopla às mãos do Sultão Mehmed II em 1453, foi visto no céu, uma lua e uma estrela, cumprindo assim, o sonho profético do Sultão.
A lenda mais aceita pela população turca, no entanto, é a que conta que Mustafa Kemal Atatürk, o fundador da República turca, caminhava pelo campo na noite seguinte ao combate vitorioso durante a Guerra de Independência Turca, e percebeu o reflexo da lua crescente e da estrela sobre um vasto fundo de sangue no terreno de uma colina de Sakarya, surgindo assim, o significado da actual bandeira da Turquia.
exif / informação técnica
Sem informações de EXIF
favorita de 63
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
José Carlos Barral

José Carlos Barral

olhares.com/josebarral
Póvoa de St.º Adrião ,Portugal
BANDEIRA TURCA
Foto – 0079


Istambul – Turquia


A origem exacta da bandeira turca, Ai Eildiz em turco (lua e estrela), é desconhecida. Sabe-se que seu emblema, uma lua e uma estrela branca, adoptados em 1876, são basicamente os símbolos do Islão, religião predominante da região, e utilizado em várias regiões da Ásia Menor, muitos anos antes. É provável que sua estética tenha sido idealizada de acordo com o símbolo do Império Otomano, pois as bandeiras são parecidas.
Já o fundo vermelho é razoável, uma vez que é uma cor predominante na história turca, um país marcado por centenas de conflitos violentos ao longo dos anos, sobretudo as batalhas sangrentas da Guerra de Independência Turca.
No princípio, a bandeira turca era apenas uma média lua sobre um campo verde, modificada em 1793 quando o Sultão Selim III trocou o fundo verde por vermelho. Só em 1844, acrescentou-se a estrela, que, segundo algumas teorias, remonta a época do imperador romano Constantino (fundador de Constantinopla, actual Istambul), considerada na época, o símbolo da Virgem Maria.
Curiosamente, há muitas lendas a respeito do significado da bandeira turca.
Dizem que o Sultão Murad II adotou esse emblema, representando o derramamento de sangue na batalha de Kosovo em 1448, sob um céu da Turquia.
Outros afirmam que o primeiro Sultão otomano teve um sonho profético, onde surgia em seu peito, uma lua e uma estrela, que se ampliaram, num presságio da conquista da dinastia de Constantinopla. Mais tarde, com a queda de Constantinopla às mãos do Sultão Mehmed II em 1453, foi visto no céu, uma lua e uma estrela, cumprindo assim, o sonho profético do Sultão.
A lenda mais aceita pela população turca, no entanto, é a que conta que Mustafa Kemal Atatürk, o fundador da República turca, caminhava pelo campo na noite seguinte ao combate vitorioso durante a Guerra de Independência Turca, e percebeu o reflexo da lua crescente e da estrela sobre um vasto fundo de sangue no terreno de uma colina de Sakarya, surgindo assim, o significado da actual bandeira da Turquia.
Tag’s: BANDEIRA DA TURQUIA,SUA HISTÓRIA,Mustafa Kemal Atatürk,o fundador da República turca,Istambul - Turquia
comentários
foto autor

José Carlos Barral

olhares.com/josebarral
Póvoa de St.º Adrião ,Portugal
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

José Carlos Barral

José Carlos Barral

olhares.com/josebarral
Póvoa de St.º Adrião ,Portugal
Sem informações de EXIF

José Carlos Barral

José Carlos Barral

olhares.com/josebarral
Póvoa de St.º Adrião ,Portugal
favorita de (63)