foto user
Thais Oliveira
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Paisagem Natural/Boitatá (Cobra de Fogo)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Paisagem Natural/Boitatá (Cobra de Fogo)
voltar lista nav-leftnav-right

Boitatá (Cobra de Fogo)

fotografias > 

Paisagem Natural

2015-06-07 12:14:32
comentários (87) galardões descrição exif favorita de (102)
descrição
Nascer do sol visto do alto da ponte - Rio Itanhaém

(No ano passado, ao mostrar uma foto deste mesmo lugar, um aluno meu, com seu olhar único, disse-me que a ponte se parecia com o corpo da cobra e a Boca da Barra, sua cabeça. Amo tanto a leitura de uma criança sobre nossas imagens!

LENDA DO BOITATÁ (COBRA DE FOGO)

Diz a lenda que há muito tempo atrás, uma noite se prorrogou muito parecendo que nunca mais haveria luz do dia. Era uma noite muito escura, sem estrelas, sem vento, e sem barulho algum dos bichos da floresta, era um grande silêncio. Os homens viveram dentro de casa e estavam passando fome e frio. Não havia como cortar lenha para os braseiros que mantinham as pessoas aquecidas, nem como caçar naquela escuridão. Era uma noite sem fim. Os dias foram passando e a chuva começou, choveu muito, esta chuva inundou tudo e muitos animais acabaram morrendo. Uma grande cobra que vivia em repouso num imenso tronco despertou faminta e começou a comer os olhos de animais mortos que brilhavam boiando nas águas. Alguns dizem que eles brilhavam devido a luz do último dia em que os animais viram o sol. De tanto olhos brilhantes que a cobra comeu, ela ficou toda brilhante como fogo e transparente. A cobra se transformou num monstro brilhante, o Boitatá. Dizem que o Boitatá assusta as pessoas quando elas entram na mata à noite. Mas muitos acreditam que o Boitatá protege as matas contra incêndios.
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3100
Exposição: 1/250 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/5.6
ISO: 100
Dist.Focal: 32mm
Dist.Focal (35mm): 48 mm
Software: Adobe Photoshop CS2 Windows

favorita de 102
galardões
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
Boitatá (Cobra de Fogo)
Nascer do sol visto do alto da ponte - Rio Itanhaém

(No ano passado, ao mostrar uma foto deste mesmo lugar, um aluno meu, com seu olhar único, disse-me que a ponte se parecia com o corpo da cobra e a Boca da Barra, sua cabeça. Amo tanto a leitura de uma criança sobre nossas imagens!

LENDA DO BOITATÁ (COBRA DE FOGO)

Diz a lenda que há muito tempo atrás, uma noite se prorrogou muito parecendo que nunca mais haveria luz do dia. Era uma noite muito escura, sem estrelas, sem vento, e sem barulho algum dos bichos da floresta, era um grande silêncio. Os homens viveram dentro de casa e estavam passando fome e frio. Não havia como cortar lenha para os braseiros que mantinham as pessoas aquecidas, nem como caçar naquela escuridão. Era uma noite sem fim. Os dias foram passando e a chuva começou, choveu muito, esta chuva inundou tudo e muitos animais acabaram morrendo. Uma grande cobra que vivia em repouso num imenso tronco despertou faminta e começou a comer os olhos de animais mortos que brilhavam boiando nas águas. Alguns dizem que eles brilhavam devido a luz do último dia em que os animais viram o sol. De tanto olhos brilhantes que a cobra comeu, ela ficou toda brilhante como fogo e transparente. A cobra se transformou num monstro brilhante, o Boitatá. Dizem que o Boitatá assusta as pessoas quando elas entram na mata à noite. Mas muitos acreditam que o Boitatá protege as matas contra incêndios.
Tag’s: Cobra de fogo,Nascer do sol,Olhar infantil,Lenda
comentários
galardões
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3100
Exposição: 1/250 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/5.6
ISO: 100
Dist.Focal: 32mm
Dist.Focal (35mm): 48 mm
Software: Adobe Photoshop CS2 Windows


favorita de (102)