foto user
João Rodrigues
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
História/Cipók a Duna-Parton, Budapest.
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
História/Cipók a Duna-Parton, Budapest.
voltar lista nav-leftnav-right

Cipók a Duna-Parton, Budapest.

fotografias > 

História

2019-04-09 10:05:28
comentários (54) galardões descrição exif favorita de (56)
descrição
Em Budapeste, o 'Shoes on the Danube bank' (Sapatos à margem do Danúbio) é um memorial situado na margem do rio Danúbio, a poucos metros do parlamento Húngaro.
Emocionante pela sua simplicidade e pela sua história, este memorial homenageia as centenas de judeus húngaros mortos por militares fascistas durante a segunda guerra mundial quando, no final deste período, o partido nacional Arrow Cross assumiu o controlo na Hungria, governando o país. Resultado dessa governação e da cooperação com os nazis, milhares de civis (maioritariamente judeus) foram deportados, enviados para campos de trabalho escravo ou assassinados. Durante esse tempo, os militares da Arrow Cross deixaram um rasto de estragos e destruição pela cidade de Budapeste. Estima-se que, de 15 de Outubro de 1944 a 28 de Março de 1945, o tempo de governação do Partido Arrow Cross, 10.000 pessoas foram mortas nas ruas, com mais de 80.000 a serem enviadas para campos de concentração.
Como naquela época os sapatos eram considerados bens de valor, os homens, as mulheres e crianças eram forçados a retirá-los e, logo após, mortos por tiros na nuca ou alvejados em outra parte do corpo, caindo os seus corpos no rio e levados pela corrente.
Pela margem do rio foram colocadas esculturas de sapatos de vários tipos em ferro fundido, simbolizando a época na qual adultos e crianças se descalçavam antes de serem mortos e atirados ao rio.
O memorial foi idealizado pelo cineasta Can Togay e produzido pelo escultor Gyula Pauer, ambos húngaros e nascidos em Budapeste.
Até hoje as pessoas colocam velas e flores nos sapatos e fazem as suas orações pelas vítimas, homenageando-as.
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 1100D
















Exposição: 1/125 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/7.1
ISO: 100
Dist.Focal: 33mm
Dist.Focal (35mm):
Software: Digital Photo Professional






favorita de 56
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
Cipók a Duna-Parton, Budapest.
Em Budapeste, o 'Shoes on the Danube bank' (Sapatos à margem do Danúbio) é um memorial situado na margem do rio Danúbio, a poucos metros do parlamento Húngaro.
Emocionante pela sua simplicidade e pela sua história, este memorial homenageia as centenas de judeus húngaros mortos por militares fascistas durante a segunda guerra mundial quando, no final deste período, o partido nacional Arrow Cross assumiu o controlo na Hungria, governando o país. Resultado dessa governação e da cooperação com os nazis, milhares de civis (maioritariamente judeus) foram deportados, enviados para campos de trabalho escravo ou assassinados. Durante esse tempo, os militares da Arrow Cross deixaram um rasto de estragos e destruição pela cidade de Budapeste. Estima-se que, de 15 de Outubro de 1944 a 28 de Março de 1945, o tempo de governação do Partido Arrow Cross, 10.000 pessoas foram mortas nas ruas, com mais de 80.000 a serem enviadas para campos de concentração.
Como naquela época os sapatos eram considerados bens de valor, os homens, as mulheres e crianças eram forçados a retirá-los e, logo após, mortos por tiros na nuca ou alvejados em outra parte do corpo, caindo os seus corpos no rio e levados pela corrente.
Pela margem do rio foram colocadas esculturas de sapatos de vários tipos em ferro fundido, simbolizando a época na qual adultos e crianças se descalçavam antes de serem mortos e atirados ao rio.
O memorial foi idealizado pelo cineasta Can Togay e produzido pelo escultor Gyula Pauer, ambos húngaros e nascidos em Budapeste.
Até hoje as pessoas colocam velas e flores nos sapatos e fazem as suas orações pelas vítimas, homenageando-as.
Tag’s: Hungria,Budapeste,Memorial,Danúbio,Sapatos,Shoes,Rio,História,Monumento,Segunda Guerra Mundial
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 1100D
















Exposição: 1/125 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/7.1
ISO: 100
Dist.Focal: 33mm
Dist.Focal (35mm):
Software: Digital Photo Professional







favorita de (56)