foto user
Maria Vitorino
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Gentes e Locais/Curiosidades da cor Sépia (ler sff)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Gentes e Locais/Curiosidades da cor Sépia (ler sff)
voltar lista nav-leftnav-right

Curiosidades da cor Sépia (ler sff)

fotografias > 

Gentes e Locais

2019-01-28 18:24:37
Ver no mapa
comentários (79) galardões descrição exif favorita de (89)
descrição
O nome da cor sépia ou siba, vem do nome científico da criatura (“Sepia Officinalis”), porque originalmente a tinta da lula era usada pra causar esse efeito nas fotos quando essa técnica surgiu, em 1880. Hoje em dia outros pigmentos são usados.

A fotografia em sépia é mais conhecida hoje em dia no mundo como “foto envelhecida”, mas essa expressão só tem fundamento pois muitas fotografias eram armazenadas de maneira inapropriada, e acabavam adquirindo a tonalidade sépia pelo contato com colas a base de PVC, sendo que isto normalmente gera uma cópia manchada, e até mesmo a emulsão se descolando de sua base. O processo de viragem sépia também foi mais popular nas primeiras décadas do século XX.

A cor sépia obtida não é a mesma do processo foto-químico, que provém de outra substância bem diferente da orgânica. Ela tem base em uma mistura de químicos, sendo um dos principais o enxofre. Atualmente, alguns programas informáticos como o Photoshop transformam uma foto comum em sépia em minutos. Bem diferente do método convencional de revelação, onde é necessário se fazer a revelação primeiramente em preto e branco para depois passar pelo processo de viragem em sépia.
exif / informação técnica
Máquina: samsung
Modelo: SM-G935F
Exposição: 1/1800 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/1.7
ISO: 40
Dist.Focal: 4.2mm
Dist.Focal (35mm): 26 mm
Software: Adobe Photoshop Lightroom 5.3 (Windows)

favorita de 89
galardões
  • galardão partilhas
    partilhas
  • galardão popular
    foto
    popular
Curiosidades da cor Sépia (ler sff)
O nome da cor sépia ou siba, vem do nome científico da criatura (“Sepia Officinalis”), porque originalmente a tinta da lula era usada pra causar esse efeito nas fotos quando essa técnica surgiu, em 1880. Hoje em dia outros pigmentos são usados.

A fotografia em sépia é mais conhecida hoje em dia no mundo como “foto envelhecida”, mas essa expressão só tem fundamento pois muitas fotografias eram armazenadas de maneira inapropriada, e acabavam adquirindo a tonalidade sépia pelo contato com colas a base de PVC, sendo que isto normalmente gera uma cópia manchada, e até mesmo a emulsão se descolando de sua base. O processo de viragem sépia também foi mais popular nas primeiras décadas do século XX.

A cor sépia obtida não é a mesma do processo foto-químico, que provém de outra substância bem diferente da orgânica. Ela tem base em uma mistura de químicos, sendo um dos principais o enxofre. Atualmente, alguns programas informáticos como o Photoshop transformam uma foto comum em sépia em minutos. Bem diferente do método convencional de revelação, onde é necessário se fazer a revelação primeiramente em preto e branco para depois passar pelo processo de viragem em sépia.
Tag’s: GL-Alburrica,praia fluvial,Rio Tejo,Rio Coina,Barreiro,cidade
comentários
galardões
  • galardão partilhas
    partilhas
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: samsung
Modelo: SM-G935F
Exposição: 1/1800 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/1.7
ISO: 40
Dist.Focal: 4.2mm
Dist.Focal (35mm): 26 mm
Software: Adobe Photoshop Lightroom 5.3 (Windows)


favorita de (89)