foto user
Dolores Marques
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Outros/Doce tempo das palavras
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Outros/Doce tempo das palavras
voltar lista nav-leftnav-right

Doce tempo das palavras

fotografias > 

Outros

2018-12-30 13:27:23
comentários (27) galardões descrição exif favorita de (36)
descrição
Doce tempo das palavras

Escrevo-te agora, como se fosses tu a única palavra que não me esquece, nem me abandona em algum lugar do mundo. Escrevo-te…

É para ti que escrevo, quando me ditas aos sentimentos, somente a súmula de predicados novos, como se escrevêssemos com eles o futuro.
- O único antídoto dos espíritos errantes, com fome de palavras ao deus dará.
- O universo de um voo livre, pelos jardins das orquídeas brancas. Ainda que alguns sejam em queda abrupta, todo o imenso florido das asas, será livre na pureza das pétalas, que te escrevem do alto de um sonho.

Porque, sabes, como é imensa esta disfunção que se ajunta como se fossem simples palavras de trazer por casa, sem saberem ao certo qual o prato onde irão ser servidas. Tão pouco, se o banquete será ordenado por versos uniformes, ou se simplesmente em fila única de berloques para enfeitarem os cabelos, no tempo da queda exaurida das folhas secas.

Sim, mas é para ti que escrevo. Mesmo que não conheças os vários sentidos, assim como a simbologia das imagens esvoaçantes, quero que saibas que sempre foste Poesia a brotar por todos os cantos do mundo.

Sim, porque é para Ti que eu escrevo. Tu que sabes como sentir nas palavras um mundo interno, sim porque estão aí dentro, não fora. Essas serão sempre as mais sublimes, as genuínas palavras, para sentirmos juntos este voo a nascer agora, no doce tempo das palavras.

dm
Feliz Ano Novo para todos
exif / informação técnica
Máquina: FUJIFILM
Modelo: FinePix S6500fd
Exposição: 1/350 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/6.4
ISO: 100
Dist.Focal: 36.1mm
Dist.Focal (35mm):
Software: PhotoScape

favorita de 36
galardões
Esta foto não tem galardões
Doce tempo das palavras
Doce tempo das palavras

Escrevo-te agora, como se fosses tu a única palavra que não me esquece, nem me abandona em algum lugar do mundo. Escrevo-te…

É para ti que escrevo, quando me ditas aos sentimentos, somente a súmula de predicados novos, como se escrevêssemos com eles o futuro.
- O único antídoto dos espíritos errantes, com fome de palavras ao deus dará.
- O universo de um voo livre, pelos jardins das orquídeas brancas. Ainda que alguns sejam em queda abrupta, todo o imenso florido das asas, será livre na pureza das pétalas, que te escrevem do alto de um sonho.

Porque, sabes, como é imensa esta disfunção que se ajunta como se fossem simples palavras de trazer por casa, sem saberem ao certo qual o prato onde irão ser servidas. Tão pouco, se o banquete será ordenado por versos uniformes, ou se simplesmente em fila única de berloques para enfeitarem os cabelos, no tempo da queda exaurida das folhas secas.

Sim, mas é para ti que escrevo. Mesmo que não conheças os vários sentidos, assim como a simbologia das imagens esvoaçantes, quero que saibas que sempre foste Poesia a brotar por todos os cantos do mundo.

Sim, porque é para Ti que eu escrevo. Tu que sabes como sentir nas palavras um mundo interno, sim porque estão aí dentro, não fora. Essas serão sempre as mais sublimes, as genuínas palavras, para sentirmos juntos este voo a nascer agora, no doce tempo das palavras.

dm
Feliz Ano Novo para todos
Tag’s: Feliz Ano Novo,Doce tempo das palavras,dolores marques,escrevo-te
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: FUJIFILM
Modelo: FinePix S6500fd
Exposição: 1/350 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/6.4
ISO: 100
Dist.Focal: 36.1mm
Dist.Focal (35mm):
Software: PhotoScape


favorita de (36)