foto user
José I. Costa
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Gentes e Locais/Monumento aos Mortos da Grande Guerra
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Gentes e Locais/Monumento aos Mortos da Grande Guerra
voltar lista nav-leftnav-right

Monumento aos Mortos da Grande Guerra

fotografias > 

Gentes e Locais

2007-05-21 23:24:59
comentários (34) galardões descrição exif favorita de (6)
descrição
Monumento aos mortos na Grande Guerra
Av. da Liberdade - Lisboa

Este monumento é dedicado "aos Portugueses mortos pela Pátria, na Grande Guerra, na França, em África e no mar".

Em 9 de Abril de 1920, ao comemorar-se o esforço dos nossos soldados na Grande Guerra, surgiu a ideia de erguer um monumento aos heróis mortos.

Constituída a Comissão Nacional, presidida por Magalhães Lima, e, depois, sucessivamente pelos generais Abel Hipólito e Roberto Baptista, a primeira pedra foi colocada pelo Presidente da Republica, Dr. António José de Almeida em 9 de Abril de 1923.

A inauguração efectuou-se a 22 de Novembro de 1931, com a assistência do Chefe de Estado, General Carmona e do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, general Vicente de Freitas.

O monumento que tem por legenda "Ao serviço da Pátria o esforço da Grei", teve por escultor Maximiano Alves e por arquitectos Guilherme e Carlos Rebelo de Andrade.

A figura da Pátria, de pedra, ao alto, coroa o soldado moldado em bronze. Lateralmente, duas figuras plásticas sustentam a Pátria, num esforço supremo.

No mesmo local esteve projectado, chegando a ser lançada a primeira pedra em 22 de Janeiro de 1888, um monumento a António Maria Fontes Pereira de Melo.


http://www.jf-sjose.pt/
exif / informação técnica
Maquina: SONY�
Modelo: DSC-W100�
Exposição: 1/200 sec
Abertura: f 6.3
ISO: 125
MeteringMode: Multi-Segment
Flash: No Flash
Dist.Focal: 10.7 mm

favorita de 6
galardões
  • galardão visitas
    1000
    visitas
Monumento aos Mortos da Grande Guerra
Monumento aos mortos na Grande Guerra
Av. da Liberdade - Lisboa

Este monumento é dedicado "aos Portugueses mortos pela Pátria, na Grande Guerra, na França, em África e no mar".

Em 9 de Abril de 1920, ao comemorar-se o esforço dos nossos soldados na Grande Guerra, surgiu a ideia de erguer um monumento aos heróis mortos.

Constituída a Comissão Nacional, presidida por Magalhães Lima, e, depois, sucessivamente pelos generais Abel Hipólito e Roberto Baptista, a primeira pedra foi colocada pelo Presidente da Republica, Dr. António José de Almeida em 9 de Abril de 1923.

A inauguração efectuou-se a 22 de Novembro de 1931, com a assistência do Chefe de Estado, General Carmona e do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, general Vicente de Freitas.

O monumento que tem por legenda "Ao serviço da Pátria o esforço da Grei", teve por escultor Maximiano Alves e por arquitectos Guilherme e Carlos Rebelo de Andrade.

A figura da Pátria, de pedra, ao alto, coroa o soldado moldado em bronze. Lateralmente, duas figuras plásticas sustentam a Pátria, num esforço supremo.

No mesmo local esteve projectado, chegando a ser lançada a primeira pedra em 22 de Janeiro de 1888, um monumento a António Maria Fontes Pereira de Melo.


http://www.jf-sjose.pt/
comentários
galardões
  • galardão visitas
    1000
    visitas

Maquina: SONY�
Modelo: DSC-W100�
Exposição: 1/200 sec
Abertura: f 6.3
ISO: 125
MeteringMode: Multi-Segment
Flash: No Flash
Dist.Focal: 10.7 mm


favorita de (6)