foto user
DUTRA.
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
História/Mosteiro de Claraval/MG.
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
História/Mosteiro de Claraval/MG.
voltar lista nav-leftnav-right

Mosteiro de Claraval/MG.

fotografias > 

História

2016-07-31 11:50:10
comentários (60) galardões descrição exif favorita de (96)
descrição
A construção do Mosteiro Cisterciense de Claraval foi iniciada em 1951 por quatro monges cistercienses chegados da Itália em 1950. Eram eles, o prior Fr. Pedro Agostini, Fr. Justino, Fr. Carmelo e Ir. Nivardo. Não havia mão de obra especializada e os religiosos contavam apenas com a ajuda da comunidade local.

Naquela época, Claraval ainda era chamada Vila de Garimpo das Canoas, passando posteriormente a denominar-se Divino Espírito Santo do Garimpo das Canoas. Em 1953, a vila foi elevada à categoria de município com o nome de Claraval, em homenagem a São Bernardo, monge cisterciense francês (1090-1153).

O mosteiro tem como orago o Divino Espírito Santo e seu nome oficial é Mosteiro de Nossa Senhora do Divino Espírito Santo.

A obra durou dezoito anos, tendo sido o mosteiro inaugurado em março de 1969.

Sua construção em estilo neogótico, foi influenciada pelas medievais igrejas góticas da Europa. Embora construído em pleno século XX, suas colunas, janelas e elementos decorativos ostentam as características deste estilo, transmitindo a mesma essência arquitetônica dos edifícios cistercienses da Idade Média, onde pobreza e grandeza se fundem como os dois arcos de uma ogiva, apontando para o céu.
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3200
Exposição: 1/80 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/4.5
ISO: 800
Dist.Focal: 18mm
Dist.Focal (35mm): 27 mm
Software: Ver.1.03

favorita de 96
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
Mosteiro de Claraval/MG.
A construção do Mosteiro Cisterciense de Claraval foi iniciada em 1951 por quatro monges cistercienses chegados da Itália em 1950. Eram eles, o prior Fr. Pedro Agostini, Fr. Justino, Fr. Carmelo e Ir. Nivardo. Não havia mão de obra especializada e os religiosos contavam apenas com a ajuda da comunidade local.

Naquela época, Claraval ainda era chamada Vila de Garimpo das Canoas, passando posteriormente a denominar-se Divino Espírito Santo do Garimpo das Canoas. Em 1953, a vila foi elevada à categoria de município com o nome de Claraval, em homenagem a São Bernardo, monge cisterciense francês (1090-1153).

O mosteiro tem como orago o Divino Espírito Santo e seu nome oficial é Mosteiro de Nossa Senhora do Divino Espírito Santo.

A obra durou dezoito anos, tendo sido o mosteiro inaugurado em março de 1969.

Sua construção em estilo neogótico, foi influenciada pelas medievais igrejas góticas da Europa. Embora construído em pleno século XX, suas colunas, janelas e elementos decorativos ostentam as características deste estilo, transmitindo a mesma essência arquitetônica dos edifícios cistercienses da Idade Média, onde pobreza e grandeza se fundem como os dois arcos de uma ogiva, apontando para o céu.
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D3200
Exposição: 1/80 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/4.5
ISO: 800
Dist.Focal: 18mm
Dist.Focal (35mm): 27 mm
Software: Ver.1.03


favorita de (96)