foto user
A. Leonel
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Animais/Pica-pau-de-cabeça-amarela (ler desc.)
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Animais/Pica-pau-de-cabeça-amarela (ler desc.)
voltar lista nav-leftnav-right

Pica-pau-de-cabeça-amarela (ler desc.)

fotografias > 

Animais

2016-09-04 15:41:57
comentários (78) galardões descrição exif favorita de (121)
descrição
Pica-pau-de-cabeça-amarela

O pica-pau-de-cabeça-amarela (Celeus flavescens) é uma ave da ordem dos Piciformes, da família Picidae.
Também conhecida como cabeça-de-velho, joão-velho, pica-pau-amarelo, pica-pau-loiro, pica-pau-velho e pica-pau-cabeça-de-fogo. Destaca-se pelo vistoso topete amarelo que da origem a maior parte de seus nomes populares.

Nome Científico

Seu nome científico significa: do (grego) keleus = pica-pau verde; e do (latim) flavus, flavescens = amarelo, que vem do ouro, dourado. ? Pica-pau com crista amarela - (Latham, 1782).

Características

Mede entre 27 e 30 centímetros de comprimento e pesa entre 110 e 165 gramas.
Cabeça e face amarelos, com proeminente topete da mesma cor; macho com faixa malar vermelha. Partes superiores pretas, barradas de branco e partes inferiores uniformemente pretas.

Alimentação

Alimenta-se de insetos, suas larvas e ovos, formigas e cupins nas árvores ou no solo e de uma grande variedade de frutas e bagas. Foi documentado tomando néctar de flores em duas espécies de plantas do dossel, Spirotheca passifloroides (Bombacaceae) e Schwartzia brasiliensis (Marcgraviaceae), em Mata Atlântica do sudeste do Brasil. Spirotheca passifloroides floresce por três meses no inverno, ao passo que S. brasiliensis floresce ao longo de dois meses no verão. As flores de ambas as espécies produzem néctar abundante e diluído. Visita várias flores por planta, tocando as anteras e os estigmas com a cabeça e o pescoço, assim agindo como polinizador.

Reprodução

Constrói seu ninho em cavidades escavadas em formigueiros arborícolas e em árvores secas, onde põe 2 a 4 ovos brancos e brilhantes. O macho incuba e cuida dos filhotes também.

Vive na Mata Atlântica, matas mesófilas, matas secas, matas de araucária, matas de galeria, caatinga, cerrados, eucaliptais, parques e zonas rurais arborizadas. Encontrado geralmente em casais ou em grupos familiares de 3 a 4 indivíduos.

Voz: Freqüência fortemente descendente e ressonante, com as sílabas bem pronunciadas e destacadas “tzü tzü ( tzü tzü )” ( canto territorial ); “tttrrr” ( raiva ). Tamborila em seqüência rápida.

Distribuição Geográfica

Ocorre da margem setentrional do baixo Amazonas ao Rio Grande do Sul, Paraguai e Argentina(Misiones).

Informações colhidas em: http://www.wikiaves.com.br/pica-pau-de-cabeca-amarela
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 5D Mark III
Exposição: 1/125 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/6.3
ISO: 1600
Dist.Focal: 329mm
Dist.Focal (35mm):
Software: Adobe Photoshop Lightroom 6.4 (Windows)

favorita de 121
galardões
  • galardão visitas
    1000
    visitas
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular
Pica-pau-de-cabeça-amarela (ler desc.)
Pica-pau-de-cabeça-amarela

O pica-pau-de-cabeça-amarela (Celeus flavescens) é uma ave da ordem dos Piciformes, da família Picidae.
Também conhecida como cabeça-de-velho, joão-velho, pica-pau-amarelo, pica-pau-loiro, pica-pau-velho e pica-pau-cabeça-de-fogo. Destaca-se pelo vistoso topete amarelo que da origem a maior parte de seus nomes populares.

Nome Científico

Seu nome científico significa: do (grego) keleus = pica-pau verde; e do (latim) flavus, flavescens = amarelo, que vem do ouro, dourado. ? Pica-pau com crista amarela - (Latham, 1782).

Características

Mede entre 27 e 30 centímetros de comprimento e pesa entre 110 e 165 gramas.
Cabeça e face amarelos, com proeminente topete da mesma cor; macho com faixa malar vermelha. Partes superiores pretas, barradas de branco e partes inferiores uniformemente pretas.

Alimentação

Alimenta-se de insetos, suas larvas e ovos, formigas e cupins nas árvores ou no solo e de uma grande variedade de frutas e bagas. Foi documentado tomando néctar de flores em duas espécies de plantas do dossel, Spirotheca passifloroides (Bombacaceae) e Schwartzia brasiliensis (Marcgraviaceae), em Mata Atlântica do sudeste do Brasil. Spirotheca passifloroides floresce por três meses no inverno, ao passo que S. brasiliensis floresce ao longo de dois meses no verão. As flores de ambas as espécies produzem néctar abundante e diluído. Visita várias flores por planta, tocando as anteras e os estigmas com a cabeça e o pescoço, assim agindo como polinizador.

Reprodução

Constrói seu ninho em cavidades escavadas em formigueiros arborícolas e em árvores secas, onde põe 2 a 4 ovos brancos e brilhantes. O macho incuba e cuida dos filhotes também.

Vive na Mata Atlântica, matas mesófilas, matas secas, matas de araucária, matas de galeria, caatinga, cerrados, eucaliptais, parques e zonas rurais arborizadas. Encontrado geralmente em casais ou em grupos familiares de 3 a 4 indivíduos.

Voz: Freqüência fortemente descendente e ressonante, com as sílabas bem pronunciadas e destacadas “tzü tzü ( tzü tzü )” ( canto territorial ); “tttrrr” ( raiva ). Tamborila em seqüência rápida.

Distribuição Geográfica

Ocorre da margem setentrional do baixo Amazonas ao Rio Grande do Sul, Paraguai e Argentina(Misiones).

Informações colhidas em: http://www.wikiaves.com.br/pica-pau-de-cabeca-amarela
Tag’s: Pica-pau-de-cabeça-amarela,tapirai,brasil,ave,fauna,a. leonel,aresio
comentários
galardões
  • galardão visitas
    1000
    visitas
  • galardão favorito
    100
    favoritos
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: Canon
Modelo: Canon EOS 5D Mark III
Exposição: 1/125 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/6.3
ISO: 1600
Dist.Focal: 329mm
Dist.Focal (35mm):
Software: Adobe Photoshop Lightroom 6.4 (Windows)


favorita de (121)