foto user
acaciocosta
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
Gentes e Locais/Praça-Forte-Fortaleza de Peniche
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
Gentes e Locais/Praça-Forte-Fortaleza de Peniche
voltar lista nav-leftnav-right

Praça-Forte-Fortaleza de Peniche

fotografias > 

Gentes e Locais

2019-01-22 09:36:08
comentários (49) galardões descrição exif favorita de (64)
descrição
Mandada edificar por D. João III em 1557 e concluída em 1645 por D. João IV, que a considerou a principal chave do Reino pela parte do mar, a Fortaleza de Peniche viu o seu espaço utilizado de forma diversa de acordo com as necessidades e as vicissitudes históricas de cada época. Praça militar de vital importância estratégica até 1897, abrigo de refugiados Boers provenientes da África do Sul no início do séc. XX, residência de prisioneiros alemães e austríacos durante a Primeira Guerra Mundial, prisão política do Estado Novo entre 1934 e 1974, alojamento provisório de famílias portuguesas chegadas das antigas colónias ultramarinas em 1974 e, a partir de 1984, albergue do Museu Municipal, a Fortaleza de Peniche assume especial relevância enquanto importante documento de uma diacronia histórica de índole local e nacional.
A Praça-forte de Peniche localiza-se na freguesia de São Pedro, cidade de Peniche, Distrito de Leiria. Acredita-se que origem do topónimo Peniche possa derivar de Phenix, nome de uma antiga cidade na ilha de Creta, cuja configuração geográfica era semelhante à da primitiva ilha de Peniche. Vizinha ao cabo Carvoeiro, atualmente encontra-se a treze metros acima do nível do mar, ocupando uma península de 2.750 metros de comprimento, no sentido Oeste-Leste. É constituída por uma série de obras defensivas com estrutura abaluartada, com planta no formato de um polígono irregular estrelado, adaptado ao terreno. O perímetro amuralhado abrange uma área de cerca de dois hectares, nele se inscrevendo quatro portas - a das Cabanas, a Nova, a da Ponta e a de Peniche de Cima. Do conjunto da fortificação, realce-se a parte norte, Peniche de Cima, dominado pelo Forte da Luz. No formato poligonal com baluartes nos vértices coroados por guaritas circulares, apresenta as canhoneiras no terrapleno, pelo lado do mar. Pelo lado de terra, protegendo o portão monumental, ergue-se um revelim triangular. O conjunto é integrado pelo chamado "Baluarte Redondo", pela "Torre de Vigia" e pela capela de Santa Bárbara.
exif / informação técnica
Máquina: Canon
Modelo: Canon PowerShot SX50 HS
Exposição: 1/320 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/5.6
ISO: 100
Dist.Focal: 44.395mm
Dist.Focal (35mm):
Software: Windows Photo Editor 10.0.10011.16384

favorita de 64
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular
Praça-Forte-Fortaleza de Peniche
Mandada edificar por D. João III em 1557 e concluída em 1645 por D. João IV, que a considerou a principal chave do Reino pela parte do mar, a Fortaleza de Peniche viu o seu espaço utilizado de forma diversa de acordo com as necessidades e as vicissitudes históricas de cada época. Praça militar de vital importância estratégica até 1897, abrigo de refugiados Boers provenientes da África do Sul no início do séc. XX, residência de prisioneiros alemães e austríacos durante a Primeira Guerra Mundial, prisão política do Estado Novo entre 1934 e 1974, alojamento provisório de famílias portuguesas chegadas das antigas colónias ultramarinas em 1974 e, a partir de 1984, albergue do Museu Municipal, a Fortaleza de Peniche assume especial relevância enquanto importante documento de uma diacronia histórica de índole local e nacional.
A Praça-forte de Peniche localiza-se na freguesia de São Pedro, cidade de Peniche, Distrito de Leiria. Acredita-se que origem do topónimo Peniche possa derivar de Phenix, nome de uma antiga cidade na ilha de Creta, cuja configuração geográfica era semelhante à da primitiva ilha de Peniche. Vizinha ao cabo Carvoeiro, atualmente encontra-se a treze metros acima do nível do mar, ocupando uma península de 2.750 metros de comprimento, no sentido Oeste-Leste. É constituída por uma série de obras defensivas com estrutura abaluartada, com planta no formato de um polígono irregular estrelado, adaptado ao terreno. O perímetro amuralhado abrange uma área de cerca de dois hectares, nele se inscrevendo quatro portas - a das Cabanas, a Nova, a da Ponta e a de Peniche de Cima. Do conjunto da fortificação, realce-se a parte norte, Peniche de Cima, dominado pelo Forte da Luz. No formato poligonal com baluartes nos vértices coroados por guaritas circulares, apresenta as canhoneiras no terrapleno, pelo lado do mar. Pelo lado de terra, protegendo o portão monumental, ergue-se um revelim triangular. O conjunto é integrado pelo chamado "Baluarte Redondo", pela "Torre de Vigia" e pela capela de Santa Bárbara.
Tag’s: Praça-Forte,Fortaleza,Peniche,presídio,museu,Cabo,Carvoeiro
comentários
galardões
  • galardão popular
    foto
    popular

Máquina: Canon
Modelo: Canon PowerShot SX50 HS
Exposição: 1/320 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/5.6
ISO: 100
Dist.Focal: 44.395mm
Dist.Focal (35mm):
Software: Windows Photo Editor 10.0.10011.16384


favorita de (64)