foto user
Tó Luís
nav-left nav-right
menu-mobile
Olhares
menu-mobile-right
Carregar
História/VIRGEM MARIA, ORTODOXOS E OUTRAS TRADIÇÕES
fullscreen voltar lista nav-leftnav-right
História/VIRGEM MARIA, ORTODOXOS E OUTRAS TRADIÇÕES
voltar lista nav-leftnav-right

VIRGEM MARIA, ORTODOXOS E OUTRAS TRADIÇÕES

fotografias > 

História

2019-06-24 20:17:28
comentários (24) galardões descrição exif favorita de (28)
descrição
Tal como a vida do Cristo histórico é pontuada por lacunas, a de sua mãe, a Virgem Maria, é igualmente difícil de ser traçada.
Os Evangelhos tampouco oferecem pistas muito concretas de sua trajetória.
Apesar disso (ou exatamente por causa disso), vários locais, baseados em diferentes tradições cristãs – armênias, coptas, ortodoxas russa e grega e católicas, apontam para distintos fatos relacionados à sua morte.
Um local em especial é relacionado à sua tumba, junto ao Monte das Oliveiras.
Segundo algumas fontes, a Virgem não teria morrido, mas entrado em um sono eterno onde hoje é a Igreja da Dormição, no Monte Sião, ao sul das muralhas da Cidade Velha de Jerusalém.
Seu corpo teria então sido levado à uma tumba pelos apóstolos de Cristo.

O local hoje denominado como seu sepulcro é uma espécie de caverna talhada na rocha e passou a ser venerado no século 2, apesar de nenhum registro histórico afirmar que trata-se de um sítio verdadeiro. Reformado pelos cruzados no século 12, sofreu algumas modificações ao longo do último milênio. Localizada próxima ao Jardim de Getsêmani, a visita à tumba começa num pequeno pátio que serve de entrada para uma longa escadaria subterrânea coberta por dezenas de antigas lanternas.
Neste ambiente silencioso e escuro chega-se a um altar pequeno, mas ricamente adornado.
Ao lado está o local da tumba propriamente dita.
exif / informação técnica
Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D5000
Exposição: 1/60 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/4
ISO: 400
Dist.Focal: 18mm
Dist.Focal (35mm): 27 mm
Software: PhotoScape

favorita de 28
galardões
Esta foto não tem galardões
VIRGEM MARIA, ORTODOXOS E OUTRAS TRADIÇÕES
Tal como a vida do Cristo histórico é pontuada por lacunas, a de sua mãe, a Virgem Maria, é igualmente difícil de ser traçada.
Os Evangelhos tampouco oferecem pistas muito concretas de sua trajetória.
Apesar disso (ou exatamente por causa disso), vários locais, baseados em diferentes tradições cristãs – armênias, coptas, ortodoxas russa e grega e católicas, apontam para distintos fatos relacionados à sua morte.
Um local em especial é relacionado à sua tumba, junto ao Monte das Oliveiras.
Segundo algumas fontes, a Virgem não teria morrido, mas entrado em um sono eterno onde hoje é a Igreja da Dormição, no Monte Sião, ao sul das muralhas da Cidade Velha de Jerusalém.
Seu corpo teria então sido levado à uma tumba pelos apóstolos de Cristo.

O local hoje denominado como seu sepulcro é uma espécie de caverna talhada na rocha e passou a ser venerado no século 2, apesar de nenhum registro histórico afirmar que trata-se de um sítio verdadeiro. Reformado pelos cruzados no século 12, sofreu algumas modificações ao longo do último milênio. Localizada próxima ao Jardim de Getsêmani, a visita à tumba começa num pequeno pátio que serve de entrada para uma longa escadaria subterrânea coberta por dezenas de antigas lanternas.
Neste ambiente silencioso e escuro chega-se a um altar pequeno, mas ricamente adornado.
Ao lado está o local da tumba propriamente dita.
Tag’s: VIRGEM MARIA E OS ORTODOXOS,SEPULCRO DE MARIA,VIRGEM MARIA,JERUSALEM,MONTE DAS OLIVEIRAS
comentários
galardões
Esta foto não tem galardões

Máquina: NIKON CORPORATION
Modelo: NIKON D5000
Exposição: 1/60 sec
Exposição (EV+/-): 0 step
Abertura: f/4
ISO: 400
Dist.Focal: 18mm
Dist.Focal (35mm): 27 mm
Software: PhotoScape


favorita de (28)